Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Economia

Editoria sobre Economia ir para editoria →

Governo divulga calendário de pagamento do Projovem Trabalhador - Juve

Para receber o pagamento, os jovens devem comparecer as agências do Banco do Brasil a partir de segunda e apresentar a carteira de identidade e CPF para receber



O Governo do Estado começa, nesta segunda-feira (8), o pagamento da Bolsa-Auxilio no valor de R$ 120,00 aos 6.000 jovens que participaram das aulas de qualificação Social e profissional do Programa Projovem Trabalhador, modalidade Juventude Cidadã. 

Para receber o pagamento, os jovens devem comparecer as agências do Banco do Brasil a partir de segunda e apresentar a carteira de identidade e CPF para receber a bolsa. Neste mês de março serão pagas três parcelas e durante o mês de abril as duas últimas parcelas do programa. 

As aulas em mais de 200 cursos oferecidos em 68 cidades da Paraíba foram concluídas nesta sexta-feira e a partir de agora começa o processo de inserção dos jovens habilitados no mercado de trabalho. O cadastro dos jovens será feito por meio dos 18 postos do Sine-PB e pelas 14 empresas executoras os cursos, que também farão a captação de vagas. 

O Projovem Trabalhador modalidade Juventude Cidadã é uma iniciativa da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (SEDH), em convênio com o Ministério do Trabalho (MTE), através da Politica Nacional de Juventude, que visa preparar o jovem para ocupações com vínculo empregatício ou para outras atividades produtivas geradoras de renda, por meio da qualificação social e profissional e do estímulo à sua inserção no mundo do trabalho. 

Segundo um dos coordenadores do Comitê Gestor do Programa Projovem Trabalhador, Renildo Moraes, o atraso no pagamento das bolsas foi por motivo administrativo e técnico entre o Banco do Brasil e Ministério do Trabalho e Emprego. Ele também explica que dos 6 mil jovens habilitados, 30% deverão ser inseridos no mercado. 

“Mais de 60% dos cursos oferecidos aparecem vagas no postos do Sine e o governo do Estado fez convênio com Banco do Nordeste, que já está selecionando vários jovens para trabalhar como jovem aprendiz”, disse. Em julho, está previsto o início da seleção de 15 mil jovens da segunda etapa do Projovem Trabalhador. 

Na segunda-feira será efetuado o pagamento através das agências do Banco do Brasil nos seguintes municípios: João Pessoa (Varadouro, Cruz das Armas, Epitácio Pessoa, Espaço Cultural, Parque Sólon Lucena, Treze de maio), Alagoa Grande, Alagoa Nova, Alhandra, Araçagi, Araruna, Areia, Aroeiras, Bananeiras, Barra de Santa Rosa, Bayeux, Boqueirão, Borborema, Caaporã, Cabedelo, Cajazeiras, Campina Grande, Catolé do Rocha, Conceição, Coremas, Cuité, Esperança, Guarabira, Ingá, Itabaiana, Itapororoca, Juazeirinho, Lagoa Seca, Mamanguape, Mari, Monteiro, Patos, Pedras de Fogo, Piancó, Picui, Pilar, Pirpirituba, Pocinhos, Pombal, Princesa Isabel, Queimadas, Remígio, Rio Tinto, Santa Luzia, Santa Rita, São Bento, São Joã.do Rio do Peixe, São José de Piranhas, Sapé, Serra Branca, Serraria, Solânea, Sousa, Sumé, Taperoá, Teixeira. 

Para maiores informações basta apenas ligar para a Central de Atendimento do Pagamento de Bolsa- Auxílio pelo telefone 3218-6624.

Comentários ()

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Cinco municípios paraibanos concentravam mais de 57% das riquezas em 2013

Empresas de telefonia tem prazo de 10 dias para justificarem má prestação de serviço em JP

Publicidade enganosa pode resultar em multa de até R$ 8,3 mil a operadoras

Compromisso com ajuste fiscal está mantido, diz Barbosa a investidores