notíciasCarros

Viaduto da Avenida Epitácio Pessoa será construído sobre o Rio Jaguari0

O viaduto a ser construído em João Pessoa com recursos de R$ 8 milhões, dos Governos Estadual e Federal ficará no trecho em frente ao Supermercado Pão de Açúcar, sobre o Rio Jaguaribe, de forma que o trânsito ficará liberado para a passagem dos veículos que virão da Avenida Beira Rio em direção à Avenida Rui Carneiro, pela Avenida Marginal deste Rio, que será toda urbanizada e asfaltada. 

A informação é do gestor do Prodetur-PB (Programa de Desenvolvimento do Turismo da Paraíba), Lêucio Barbosa, que destacou o fato de a viaduto integrar um conjunto de sete obras e ações, parte já implementadas, outras em execução e outras a serem iniciadas nos próximos meses. 

Destacou que no mesmo conjunto de ações relativas ao viaduto também consta a elevação do trecho da Avenida Beira que fica sobre o Rio Jaguaribe. “Será feito um aterro e reconstruída a via, em um nível mais alto, com o objetivo de evitar inundações na época do inverno e, desta forma aperfeiçoar o trânsito de veículos”. 

Sobre o início do acesso pela avenida marginal ao Rio Jaguaribe, Lêucio disse que iniciará na Avenida Beiro Rio com a implantação de uma rotatória que dará acesso rápido à Rua Angelina Balthar até chegar na Avenida Epitácio Pessoa, ao lado do Pão de Açúcar. Neste ponto será construído um viaduto para possibilitar o tráfego livre sobre a Avenida para quem se dirigir no sentido Avenida Rui Carneiro chegando ao lado da Subestação da Energisa. 

Sobre as obras, Lêucio Barbosa disse que “as vantagens da implantação da Avenida Marginal ao Rio Jaguaribe e do viaduto, será a de possibilitar à população de João Pessoa e para os turistas que aqui acorrem, uma alternativa de locomoção, uma vez que o trânsito na orla marítima já está muito congestionado”. 

Possibilitará, concluiu, um melhor acesso para as pessoas, inclusive aquelas que estão vindo de outras localidades via BR-230, passando pelas alças da Beira Rio e que terão mais facilidade de chegar às nossas praias principais que são Cabo Branco, Tambaú e Manaira. 

Os projetos são os seguintes: elaboração dos PDITS (Planos de Desenvolvimento Integrados do Turismo Sustentável) de vários municípios do Brejo, Agreste e revisão do Plano do Pólo Costa das Piscinas, com investimento de mais de R$ 800 mil, cujos contratos foram assinados com a Scientec (Associação de Serviços Técnicos e Científicos), na última quarta-feira. 

E o quinto, que já foi concluído, com a aplicação de mais de R$ 167 mil para elaboração do projeto de mitigação dos passivos ambientais da PB008-Sul, destinado à correção das falhas ocasionadas no processo de construção dessa rodovia, que vai até a divisa com Pernambuco, no Município de Pitimbu. 

Aplicação de pesquisa diagnóstica e preparação dos programas de qualificação de pessoal do Pólo Costa das Piscinas, nos municípios de João Pessoa, Cabedelo, Conde, Pitimbu e Bayeux, em fase de elaboração e que consumirá R$ mais de R$ 152 mil. E último que é o projeto de fortalecimento institucional da gestão estadual do turismo na Paraíba, já em fase de licitação, com verba prevista de mais de R$ 164 mil.

O que é? 

Indagado sobre o que é o PDITS, o gestor do Prodetur-PB, Lêucio Barbosa disse que é o instrumento de planejamento da atividade turística, tendo por objetivo principal orientar o crescimento do setor em bases sustentáveis, em curto, médio e longo prazos, estabelecendo as bases para as definições de ações, as tomadas de decisões e as prioridades de desenvolvimento do turismo na Área Turística selecionada, visando a sua consolidação como um Pólo Turístico, indutor de desenvolvimento sustentável. Deve, portanto, constituir-se em instrumento técnico de gestão, coordenação e condução das decisões da política turística e de apoio ao setor privado, de modo a direcionar investimentos, bem como melhorar a capacidade empresarial e o acesso ao mercado turístico. 


Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico

imprimir

comentários