notíciasEducação

Inscrições no Prouni do 2º semestre estão abertas; veja como participar

Do G1, em São Paulo
Inscrições no Prouni do 2º semestre estão abertas; veja como participar

 

O Ministério da Educação abriu, na manhã desta quinta-feira (28), as inscrições para o processo seletivo do segundo semestre do Programa Universidade para Todos (Prouni). As inscrições devem ser feitas exclusivamente pela internet, no site oficial do programa. Podem participar todos os estudantes que tenham feito a edição de 2011 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e se encaixem nos critérios sócio-econômicos estipulados pelo MEC.

O Prouni é o programa do governo federal criado em 2004 para oferecer bolsas integrais ou parciais de 50% ou 25% em universidades particulares do Brasil a estudantes de baixa renda.

As inscrições vão até a segunda-feira (2). A primeira chamada será realizada na quinta-feira (5), e os candidatos aprovados devem comprovar a documentação junto às instituições de ensino superior para efetivar a matrícula entre os dias 5 e 13 de julho.

A segunda chamada será divulgada no dia 20, com comprovação das informações entre os dias 20 e 26. Os candidatos que não forem convocados nas duas primeiras chamadas podem optar por participar da lista de espera entre os dias 2 e 4 de agosto. A convocação de candidatos na lista de espera terá início no dia 7 de agosto.

Inscrições

Para participar do Prouni, os candidatos deverão fazer a inscrição, que é gratuita, no site do Prouni, inserindo o número de inscrição do Enem 2011 e o CPF. Cada candidato poderá escolher até duas opções de cursos. É possível escolher qualquer curso em qualquer instituição. Porém, é preciso observar as exigências específicas de cada curso (alguns têm requisitos a mais, como licença piloto privado, no caso do curso de ciências aeronáuticas).

O sistema divulgará, diariamente, a nota de corte de cada curso, e o candidato poderá fazer alterações na sua inscrição até o prazo final. O Prouni considerará, para a seleção, apenas a última alteração realizada.

Requisitos

De acordo com o Podem se candidatar às bolsas integrais estudantes com renda familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio (R$ 933, a partir de 1º de janeiro de 2012). As bolsas parciais são destinadas a candidatos com renda familiar de até três salários mínimos (R$ 1.866, em janeiro) por pessoa. Além de ter feito o Enem 2011, com um mínimo de 400 pontos na média das cinco notas do exame e pelo menos nota mínima na redação, o candidato deve ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou, em caso de escola particular, na condição de bolsista integral.

Professores da rede pública de ensino básico que concorrem a bolsas em cursos de licenciatura, curso normal superior ou de pedagogia não precisam cumprir o critério de renda, desde que estejam em efetivo exercício e integrem o quadro permanente da escola na qual atuam.

imprimir

comentários