notíciasPolítica

TSE vai pagar R$ 129 mi a consórcio para manutenção de urnas

TERRA
TSE vai pagar R$ 129 mi a consórcio para manutenção de urnasImagem (TERRA)

O Tribunal Superior Eleitoral concluir nesta terça-feira o processo de licitação para a contratação do serviço de manutenção das urnas eletrônicas que serão utilizadas nas eleições de outubro em todo o País. O valor do contrato é de R$ 129 milhões, com validade de 12 meses.

 O consórcio ESF, composto pelas empresas Engetec Tecnologia S.A., com sede em Nova Lima (MG), Smartmatic Brasil Ltda, de São Paulo, Smartmatic Internacional Corporation, de Barbados, e FIXTI Soluções em Tecnologia da Informação Ltda, de São Paulo, foi o vencedor do pregão eletrônico. O grupo será responsável pelo recrutamento, contratação e treinamento de aproximadamente 14 mil profissionais que darão suporte técnico-operacional nas eleições em 437 mil seções eleitorais.

Segundo o TSE, caberá a esses profissionais o trabalho de preparo e de manutenção das urnas, assegurando que todas estejam em perfeito estado de funcionamento no dia das eleições. Entre as tarefas previstas no contrato está a realização dos serviços de carga das baterias internas e de reserva das urnas; realização de testes dos componentes eletrônicos; limpeza, retirada de lacres, testes funcionais, triagem para manutenção corretiva e preparo para armazenamento das urnas eletrônicas; inserção de dados, entre outros.

O contrato anterior para a realização do serviço expirou em 28 de julho de 2011, sem possibilidade de prorrogação.

imprimir

Comentário indisponível

Em respeito à Legislação Eleitoral estamos removendo temporariamente o espaço reservado aos comentários dos internautas. Estaremos retomando esta interatividade tão logo cesse o período de vedações previstas em Lei.