Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Editoria sobre Política ir para editoria →

Pesquisa IPESP/ JORNAL DA PARAÍBA

Cícero cresce 2 pontos e empata com Maranhão; Estelizabel tem maior rejeição

Os número mostram um crescimento de 2 pontos percentuais do senador tucano, se comparado a pesquisa anterior (realizada em maio), já o peemedebista manteve o me

O instituto de pesquisas IPESP, contratado pelo Jornal da Paraíba, realizou nova rodada de pesquisas para prefeito de João Pessoa e mostra neste domingo que a corrida eleitoral na capital está tecnicamente empatada, com José Maranhão (PMDB) levando 22% da preferência do eleitorado e Cícero Lucena (PSDB) com 21%.

A pesquisa ouviu 800 eleitores entre os dias 16 e 17 de junho e tem uma margem de erro de 3,5 % para um intervalo de confiança de 95%.

Os número mostram um crescimento de 2 pontos percentuais do senador tucano, se comparado a pesquisa anterior (realizada em maio), já o peemedebista manteve o mesmo percentual.

Luciano Cartaxo (PT) tinha 7% e cresceu para 8%, sendo seguido por Estelizabel (PSB) que manteve os mesmos 5 pontos percentuais da pesquisa anterior.

O deputado Toinho do Sopão, também manteve os 4% registrados anteriormente, enquanto que o pedetista Geraldo Amorim tinha 2% e agora está apenas com 1% da preferência do eleitorado.

O cardiologista Ítalo Kumamoto saiu do 0 e ficou 1%, além de Lourdes Sarmento, Major Fábio e Nonato Bandeira, todos empatados com 1%.

Não pontuaram em nenhuma das pesquisas Antônio Radical e Renan Palmeira.

Tucano lidera espontânea

O senador Cícero Lucena e o prefeito de João Pessoa, Luciano Agra (que não é candidato a reeleição) lideram a espontânea, onde Cícero tinha 6% e passou para 7%, já Luciano Agra tinha 5% e passou para 7%, Maranhão tinha 7% e passou para 6%, Cartaxo tinha 2% passou para 3%, enquanto que Estelizabel manteve os 2% da pesquisa anterior. Escolheram outros 1%. Branco, nulo ou nenhum eram 13% e passaram para 11%. Não souberam responder 61%, exatamente um 1% a menos que na pesquisa anterior.

Em um segundo turno o instituto aponta Maranhão com 32% e Cícero com 30%.

Se o embate fosse entre o peemedebista e o petista Luciano Cartaxo, Maranhão teria 40%, contra 20% do petista. Já contra Estelizabel, Maranhão teria 43%, enquanto que a socialista ficaria com 14%.

Na hipótese de Cícero Lucena ir para o segundo turno com Cartaxo o tucano venceria por 40% a 19%, vantagem que cresce contra Estelizabel que seria de 44% a 12%.

A pesquisa apurou ainda a possibilidade de disputa entre Luciano e Estelizabel, que resultaria em uma vitória do petista por 34% a 12%.

 

Rejeição

Apesar de jamais ter sido candidata a cargo eletivo algum, Estelizabel lidera a rejeição com 21%, sendo seguida por Maranhão com 20%, Radical 17%, Renan com 16%, Cícero 17%, Nonato 17%, Major Fábio16%, Lourdes 16%, Toinho 15%, Ítalo 14%,

Luciano 13%, Amorim 12%.

Não rejeitam nenhum dos candidatos 13% e não souberam responder 26%.

Comentários ()

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Vereadores de João Pessoa aprovam LOA 2016 e crédito de R$ 400 milhões

Vereadores barram aumento no tempo de carência da Zona Azul

CMJP dispensa obras de artes em prédios públicos estaduais e federais

Formação de comissão de impeachment de prefeita provoca confusão em Câmara