Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Notícias Policiais

Editoria sobre Policial ir para editoria →

Violência

Empresário é preso em condomínio de luxo suspeito de comprar pacotes com pornografia infantil e aliciar crianças, em Goiânia

Policiais cumpriram mandados de busca e apreensão na sede da empresa e na casa dele, onde estava uma filha de 2 anos. Delegado informou que ele aliciou outro homem para fornecer material pornográfico.

Policiais civis apreendem material pornográfico infantil em casa de empresário de Goiânia, Goiás. (Foto: Reprodução/Polícia Civil)

Por

Um empresário de 37 anos foi preso pela Polícia Civil em um condomínio de luxo suspeito de comprar pacotes com pornografia infantil e aliciar crianças e adolescentes para fazer sexo, em Goiânia. Os policiais cumpriraram mandados de busca e apreensão na sede da empresa e na casa dele, onde estava uma filha de 2 anos.

Os nomes do empresário e da empresa não foram divulgados pela polícia. Por isso, o g1 não localizou a defesa para se manifestar. A investigação informou apenas que se trata de um executivo sócio de um grande grupo econômico que atua em todo o país.

O delegado Daniel de Oliveira, que investiga o caso, disse que o empresário aliciou uma segunda pessoa para fornecer pacotes com vídeos e fotos de pornografia infantil, que eram pagos por transferências via PIX e recarga de celular.

Polícia civil apreende material pornográfico na casa de empresário em Goiânia, Goiás — Foto: Reprodução/Polícia Civil

"Essa segunda pessoa tem um irmão de 10 anos, que foi estuprado por esse irmão com pedidos desse executivo, que instigava essas práticas e determinava que esse segundo homem marcasse encontros com crianças e adolescentes", detalhou o delegado.

Esses encontros para práticas sexuais com crianças e adolescentes, no entanto, está sendo investigado porque, segundo o investigador, ainda não há provas de que eles teriam acontecido, mas apenas troca de mensagens em celular.

A operação foi realizada pela Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC), na terça-feira (11) para combate a crimes contra a dignidade sexual de crianças e adolescentes.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Vídeo flagra momento em que agentes da PRF são mortos a tiros no Ceará

Sobrinha da juíza morta no Pará aguarda embarque do corpo e diz que é difícil estar em outra cidade para buscar um familiar morto

Dois policiais rodoviários federais são mortos durante troca de tiros na BR-116

Kiu destaca necessidade de maior engajamento no enfrentamento do abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes