Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Notícias Policiais

Editoria sobre Policial ir para editoria →

No Cabo Branco

Polícia desmonta 'call center do crime' dentro de apartamento em João Pessoa e apreende equipamentos usados para aplicar golpes virtuais

Os suspeitos são de Caruaru, em Pernambuco, e de João Pessoa. Eles não foram encontrados no apartamento. Duas mulheres que estavam no local foram levadas à Central de Polícia para depor.

Foram apreendidos diversos equipamentos usados para aplicar golpes virtuais através de ligações e mensagens telefônicas, como a promessa de pontos para trocar por viagens. (Foto: Divulgação/Polícia Civil da Paraíba)

Por

A Polícia Civil da Paraíba desmontou, nessa segunda-feira (20), um 'call center do crime' montado dentro de um apartamento no bairro do Cabo Branco, em João Pessoa. Foram apreendidos diversos equipamentos usados para aplicar golpes virtuais através de ligações e mensagens telefônicas, como a promessa de pontos para trocar por viagens, conforme mostrado na imagem abaixo.

A Operação Password apreendeu notebooks, aparelhos de call center, dezenas de aparelhos celulares, anotações sobre as vítimas, dezenas de maquinetas de cartões de crédito, centenas de chips de celulares, entre outros objetos voltados a prática de golpes.

Os suspeitos são de Caruaru, em Pernambuco, e de João Pessoa. Eles não foram encontrados no apartamento. Duas mulheres que estavam no local foram levadas à Central de Polícia Civil para depor.

Segundo a polícia, o principal suspeito, que já foi identificado na investigação, já teria sido preso quatro vezes pelo mesmo crime no estado de Pernambuco.

A quadrilha vinha sendo investigada há cerca de dois meses, após ter alugado um apartamento no Cabo Branco, em João Pessoa, e no local instalado um 'call center do crime', voltado a prática de golpes pelo telefone.

Participaram da operação equipes da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio (DCCPAT – JP), Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DRACO) e Delegacia de Crimes Cibernéticos (DECC). A investigação continuará sob a responsabilidade da Delegacia de Crimes Cibernéticos. 


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Polícia Civil prende 19 estudantes de medicina suspeitos de entrarem no curso com documentos falsos em GO e na BA

Polícia prende 13 suspeitos de integrar facções criminosas que estariam atuando no Litoral Norte da Paraíba

Dois trabalhadores ficam soterrados em acidente nas obras da BR-230 em Cabedelo

Suspeito de roubo de cargas morre durante troca de tiros com policiais na Paraíba