Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Notícias Policiais

Editoria sobre Policial ir para editoria →

Em Imaculada

Quadrilha presa na PB se revezava para furtar celulares em festas no Nordeste

Com eles, a Polícia Militar encontrou 18 aparelhos móveis furtados durante a edição 2019 do Forró do Povo, que começou no sábado (20) e será encerrada nesta segunda-feira (22).

O grupo se hospedou em hotel na cidade de Patos para praticar os furtos na festa em Imaculada (Foto: Divulgação/PMPB)

Por

Uma quadrilha do Rio Grande do Norte presa nesse fim de semana no município de Imaculada, no Sertão da Paraíba, é apontada por atuar com a especialidade criminosa em furtos de celulares em festas no Nordeste. Com eles, a Polícia Militar encontrou 18 aparelhos móveis furtados durante a edição 2019 do Forró do Povo, que começou no sábado (20) e será encerrada nesta segunda-feira (22).

O grupo se hospedou em hotel na cidade de Patos para praticar os furtos na festa em Imaculada, conforme relatado pelo comandante da 5ª Companhia Independente, capitão Firmino. A quadrilha fazia revezamento na atuação criminosa.

“Eram 10 suspeitos e, pelo que levantamos, eles iriam fazer um revezamento para não serem reconhecidos, ou seja, três iam para festa, agiam e no outro dia ficaria de ir outros integrantes diferentes, mas conseguimos logo na primeira noite de festa, no sábado, prender três deles em flagrante. Os outros fugiram da pousada assim que souberam da prisão”, disse.

A quadrilha começou a ser desarticulada depois que uma vítima informou características do suspeito que teria levado o celular dela. Os policiais encontraram o acusado e descobriram que ele estava agindo com uma mulher, que era a responsável de pegar rapidamente os celulares e ir deixar em um carro que ficava estacionado nas imediações do evento, onde estava o outro integrante da quadrilha, que escondia os aparelhos no veículo. Com eles, foram recuperados os 18 celulares.

Os dois homens presos têm 39 e 23 anos e um deles já responde processos por formação de quadrilha, porte ilegal de arma e furto qualificado por explosão a banco. A mulher tem 23 anos.

Os três já teriam sido vistos agindo em eventos juninos do mês passado, nas cidades paraibanas de Várzea, Desterro, Teixeira e Aguiar, mas a quadrilha estaria agindo em vários municípios do Nordeste.

Os três presos foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil, em Princesa Isabel.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Corpo de Bombeiros abre inquérito policial e afasta coronel alvo da Operação Backfire

MPF ajuíza ação contra prefeito e mais oito pessoas por fraudar licitação com o uso de empresa de fachada

Suspeito baleado em assalto a Correios em João Pessoa usava colete e recebe alta hospitalar

214 apenados do semiaberto do Presídio Monte Santo já receberam tornozeleiras eletrônicas