Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Notícias Policiais

Editoria sobre Policial ir para editoria →

Câmeras

Segurança implementa primeira parte de Sistema de Vídeomonitoramento em João Pessoa, Campina Grande, Santa Rita, Bayeux e Cabedelo

Os equipamentos instalados nos municípios são capazes de transmitir ao Centro Integrado de Operações (Ciop) imagens visualizadas em videowall.

Os três CICC irão abrigar o Sistema de Vídeomonitoramento, composto por 1.600 câmeras instaladas em 1.200 pontos estratégicos do Estado. (Foto: Divulgação/Secom-PB)

Por

João Pessoa, Cabedelo, Santa Rita, Bayeux e Campina Grande foram as cidades escolhidas para iniciar a implementação do Sistema de Videomonitoramento do Governo do Estado para a Segurança Pública. Os equipamentos instalados nos municípios são capazes de transmitir ao Centro Integrado de Operações (Ciop) imagens visualizadas em videowall, que foram conferidas pelo secretário Jean Nunes na tarde dessa quarta-feira (1), para ajustes operacionais e administrativos dos trabalhos.

“Este ano, mesmo com as complicações causadas pela pandemia do coronavírus, conseguimos dar encaminhamento à execução dos nossos projetos: novas instalações do Ciop serão entregues pelo governador João Azevêdo e iniciamos o funcionamento das câmeras de monitoramento em pontos estratégicos, auxiliando os trabalhos de todo o Sistema de Segurança Pública da Paraíba. É um investimento em tecnologia, que está também ligado aos Centros Integrados de Comando e Controle (CICC), a serem construídos em João Pessoa, Campina Grande e Patos”, explicou o secretário da Segurança e da Defesa Social, Jean Nunes.

Os três CICC irão abrigar o Sistema de Vídeomonitoramento, composto por 1.600 câmeras instaladas em 1.200 pontos estratégicos do Estado. As unidades irão integrar as forças de Segurança da Paraíba e outros órgãos do Estado e municípios em um mesmo ambiente, visando à otimização do atendimento prestado pelo Centro Integrado de Operações (Ciop), diminuindo o tempo de resposta à população e auxiliando o planejamento e execução de trabalhos de prevenção e repressão qualificadas à violência, que envolvam os órgãos operativos.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Motorista morre após carreta carregada de cimento tombar em rodovida da Paraíba

Dois homens morrem em ataque a tiros em Pirpirituba

Primo do advogado Manoel Matos é assassinado a tiros em Itambé e Polícia Civil suspeita de desavenças políticas da vítima

Polícia Federal apreende R$ 90 mil em endereço ligado a Alexandre Baldy, secretário de Transportes de São Paulo