UFC

Rogério Minotouro se aposenta com derrota em trilogia contra Maurício Shogun na Ilha da Luta

Na luta principal deste sábado, o ex-campeão peso-médio, Robert Whittaker, venceu o inglês Darren Till por decisão unânime dos juízes e volta a ser candidato a uma disputa de cinturão.

Por

Ao longo de 19 anos de carreira, Rogério Minotouro teve uma carreira completa, com lutas lendárias - e vitórias - contra nomes como Kazushi Sakuraba, Alistair Overeem, Dan Henderson e Tito Ortiz. Mas faltava uma vitória, que lhe escapou por duas vezes, em 2005 e 2015, e mais uma vez ficou próxima de acontecer neste sábado na Ilha da Luta, mas não foi possível. Na luta que marcou a sua aposentadoria, e também a trilogia contra Maurício Shogun, o baiano acabou sofrendo a terceira derrota diante do grande rival, por decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29 e 29-28).

- Tentei o nocaute a luta inteira, usei o meu boxe e a luta foi muito equilibrada. Eu dividi o octógono com os maiores nomes do esporte. Estou com 44 anos de idade e fico feliz em dividir o cage com um grande campeão como Maurício Shogun - disse Minotouro após o combate.

A luta começou com Shogun tentando encurralar Minotouro, que circulava pelo octógono. Com pouco mais de um minuto de luta, o paranaense travou o baiano com as costas na grade, e passou a aplicar joelhadas nas suas pernas. Após se desvencilhar do rival, Minotouro acertou um direto em Shogun, que buscou sem sucesso o revide na primeira tentativa, mas depois conectou o golpe. Os dois passaram a trocar golpes seguidos, até que Shogun buscou a derrubada, terminando o round por cima de Minotouro no chão.

O panorama da luta no segundo round não se alterou. Os dois lutadores buscavam a trocação, conectando bons golpes e abalando um ao outro. Com cerca de dois minutos de luta, Shogun perdeu o equilíbrio com um avanço de Minotouro e caiu. O rival aproveitou para ficar por cima no chão, na guarda do ex-campeão. Shogun levantou-se e tentou aplicar um double leg em Minotouro, que defendeu e se manteve de pé. Aparentando cansaço, os dois lutadores diminuíam o ritmo até o intervalo.

No terceiro e último round trouxe os dois lutadores cautelosos, atuando no contra-ataque e esperando o ataque um do outro para agir. Minotouro e Shogun atacavam sem se exporem aos contragolpes, e a luta ficava mais lenta. A pouco mais de um minuto para o fim da luta, Shogun mais uma vez buscou a derrubada, e conseguiu cair por cima de Minotouro, que já não tinha fôlego para tentar livrar-se da posição e buscar a inversão. O paranaense aproveitava para fazer postura e acertar golpes de cima para baixo, mantendo essa posição até o fim.


Fonte: Combate.com

Comentários (0)

Comentar

Destaques

ver blog →

Renan Barão assina com o Taura MMA e fará estreia no dia 21 de novembro, em Atlantic City

Próxima desafiante, Jennifer Maia prevê "espetáculo de luta" contra Valentina Shevchenko

Marcus Buchecha assina contrato com a companhia asiática ONE Championship

Vitor Belfort dá recado direto a Wanderlei Silva: "Você vai levar uma surra merecida"