Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Brasil

Governo do Distrito Federal tira sistemas online do ar após ataque hacker

Páginas do governo federal e do Judiciário também registraram incidente semelhante. Secretaria de Economia anunciou que servidores foram desativados 'para garantir a segurança e integridade dos dados'.

O STJ entendeu que o valor a ser pago pelo governo do Ceará é razoável diante das circunstâncias do caso. (Foto: Divulgação)

Por

A Secretaria e Economia do Distrito Federal informou, nesta quinta-feira (5), que identificou uma tentativa de ataque hacker aos sistemas do Governo do Distrito Federal, o GDFNet. A pasta afirma que "para garantir a segurança e integridade dos dados, tirou todos os servidores do ar". A Polícia Civil investiga.

A intervenção foi registrada na mesma semana em que páginas do governo federal e do Judiciário também confirmaram incidentes semelhantes. Entre os sistemas atacados estão os do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Ao confirmar o problema, a Secretaria de Economia afirmou que a Subsecretaria de Tecnologia (Sutic) da pasta "já estava em alerta para possíveis tentativas e já trabalha para resolver o problema".

Secretaria de Economia do DF comunica tentativa de ataque hacker — Foto: Divulgação/GDF


Investigação

A Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC), da Polícia Civil, informou que está apurando o caso. Peritos foram encaminhados à Secretaria de Economia do DF, onde fica o controle do sistema.

De acordo com o delegado responsável, Giancarlo Zuliani, o caso é considerado "complexo", e será aberto inquérito sobre o tema.

Ataques

Na manhã desta quinta, o sistema de comunicação do Ministério da Saúde ficou fora do ar. O órgão estava sem internet, telefone fixo e emails corporativos.

Em nota, a pasta informou que "a equipe técnica do Departamento de Informática do SUS (Datasus) investiga o que causou problema e trabalha para o restabelecimento do serviço, mas não há previsão para o retorno do sistema". Há suspeita de ataque hacker.

Na terça (3), o sistema de informática do STJ foi alvo de um ataque cibernético. A corte acionou a Polícia Federal para investigar o caso.

Todas as sessões de julgamentos o tribunal foram suspensas temporariamente. Em nota, o presidente do STJ, ministro Humberto Martins, informou que a medida vale "até que a área técnica consiga restabelecer a segurança no sistema".

O magistrado disse ainda que, por "precaução", os prazos de processos foram adiados até a próxima segunda (9). Pedidos urgentes, como habeas corpus, serão julgados exclusivamente pela presidência da Corte também até segunda.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

'Arrasado pela perda de minha amiga', diz diretor ferido por disparo de Alec Baldwin

​Homem ameaça banhista com um jacaré em praia no Rio de Janeiro

Bolsonaro deve R$ 80 mil por não usar máscara no Maranhão

Pamella Holanda diz não se sentir segura com soltura de DJ Ivis após 3 meses