Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Nesta quinta

Incêndio atinge prédio de maternidade em construção em Fortaleza

Mais de 300 pessoas operam no local, mas não havia pessoas no interior da obra, conforme os trabalhadores.

Incêndio foi controlado por volta das 8h (Foto: Reprodução TV Verdes Mares)

Por

Um incêndio de grandes proporções atingiu um prédio de uma maternidade em construção na Rua Doutor Thompson Bulcão, no Bairro Luciano Cavalcante, em Fortaleza, na manhã desta quinta-feira (20). O fogo foi controlado por volta das 8h, conforme a Unimed.

Operários da obra informaram à TV Verdes Mares que os trabalhadores chegavam ao local e batiam o ponto para iniciara a jornada. Mais de 300 pessoas operam no local, mas não havia pessoas no interior da obra, conforme os trabalhadores.

No andar onde o fogo começou havia fiações elétricas, e a suspeita é de que ocorreu um curto-circuito, conforme os operários.

"O fogo atingiu pavimentos superiores da obra por volta das 6h30, sendo avistado pelos poucos operários da obra que já haviam chegado ao local. Estes trabalhadores acionaram os Bombeiros. Ainda são se sabe a causa do incêndio. A Cooperativa informa que havia materiais plásticos nos andares superiores da obra, o que explica o grande volume de fumaça", informou a Unimed, em nota.

Em nota, o Corpo de Bombeiros afirma que devido o prédio está em construção a carga de incêndio foi baixa e como ele é todo aberto não acumulou fumaça o que aumentaria a temperatura. Já a fumaça preta em excesso é devida ao tipo de material que está em combustão. "Três veículos de combate a incêndio e o tanque foram enviados para o local. Não houve necessidade do uso da Auto Escada Mecânica. Nesse momento estamos na fase de rescaldo do incêndio para evitar reignição", diz um trecho da nota.

A defesa civil irá fazer a avaliação do local para verificar o risco de colapso. Será necessária a perícia no local para determinar a causa do incêndio.

"A gente estava no refeitório e viu um pouquinho de fumaça, que cresceu cada vez mais. Não tinha ninguém lá em cima, graças a deus. A gente chamou os bombeiros e corremos para fora", relatou um trabalhador da obra, à TV Verdes Mares.

Conforme os operários que trabalham no local, o fogo começou por volta de 6h30, no último andar do prédio. A obra está ocorrendo há cerca de 8 meses e faz parte de um hospital particular.

A área foi isolada devido ao risco de queda de partes da estrutura do prédio. Socorristas do Samu também estão no entorno da obra.

As equipes do Corpo de Bombeiros conseguiram controlar as chamas por volta das 7h30. Os agentes estão dentro do prédio fazendo o rescaldo da área, para evitar que novos focos se formem no local. Pelo menos 12 bombeiros atuam na ocorrência.

A fumaça causada pelo incêndio pôde ser vista de vários pontos da cidade. Moradores de bairros vizinhos ao prédio relatam que a fumaça chegou a ficar bastante intensa na região.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Fragmento de mariposa é a causa das lesões de pele que provocam coceira em Pernambuco

Polícia Militar mata oito suspeitos de integrar quadrilha de novo cangaço

Pelé é internado para continuar tratamento de tumor do cólon em São Paulo

Vacina da Pfizer neutraliza ômicron com 3 doses, diz empresa