Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Tragédia

Incêndio em centro de tratamento deixa 11 mortos em Carazinho

Fogo atingiu local de apoio a dependentes químicos na noite de quinta (23). Bombeiros ainda trabalham no rescaldo e na busca por mais vítimas.

Ainda não há confirmação sobre a identidade dos mortos e as causas do incêndio (Foto: Divulgação)

Por

Um incêndio de grandes proporções no Centro de Tratamento e Apoio a Dependentes Químicos (Cetrat) em Carazinho, no Norte do Rio Grande do Sul, deixou pelo menos 11 pessoas mortas, na noite de quinta-feira (23). Dez delas morreram no local e uma no hospital. Todos eram homens.

A direção da instituição não deve se manifestar até a conclusão do trabalho da perícia.

Duas pessoas foram levadas para atendimento médico, uma delas está em estado grave e uma estável. Outras duas conseguiram sair do local sem ferimentos. A informação inicial é de que, no Centro, estavam pelo menos 15 pessoas.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o combate ao fogo começou no final da noite, e a corporação segue no local trabalhando na busca por vítimas e feridos. O Centro fica no bairro Vila Rica.

Algumas das vítimas, conforme informações dos bombeiros, foram encontradas em uma área de dormitórios e próximas às janelas, o que pode indicar que elas tentavam sair do local.

A parte consumida pelo fogo era de madeira. Ainda segundo os Bombeiros as janelas não tinham grades mas eram pequenas, por onde uma pessoa não conseguia passar.

Ainda não há confirmação sobre a identidade dos mortos e as causas do incêndio. O caso será investigado.


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal ClickPB não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2022 se encerrarem.

Destaque

ir para editoria →

Morre, aos 87 anos, Major Curió, que comandou repressão à Guerrilha do Araguaia na ditadura

Menino de dois anos entra em máquina de pelúcias de shopping; veja vídeo

Amazônia Legal tem o maior desmatamento em 15 anos, aponta Imazon

Em discurso de posse no TSE, Moraes defende urnas eletrônicas, diz que eleição é 'orgulho nacional' e é aplaudido de pé