Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Protesto

Manifestantes protestam contra Bolsonaro em cidades da Paraíba

Entre as pautas, os manifestantes pedem mais vacinas contra a Covid-19. Foram registrados atos em João Pessoa, Campina Grande, Souza, Cajazeiras e Patos.

Protestos contra o presidente Jair Bolsonaro são registrados em cinco cidades da Paraíba. (Foto: Lara Brito/G1 Paraíba)

Por

Manifestantes de municípios da Paraíba protestaram contra o presidente Jair Bolsonaro na manhã deste sábado (24). Em pelo menos cinco cidades, foram registrados protestos. 

Entre as pautas, os manifestantes pedem mais vacinas contra a Covid-19. Foram registrados atos em João Pessoa, Campina Grande, Souza, Cajazeiras e Patos.

Em João Pessoa, houve manifestação no Mercado Público de Mangabeira até a Praça da Paz, nos Bancários.

Foram registrados atos em diversas cidades do país — saiba mais.

Protesto contra Jair Bolsonaro em João Pessoa, na Paraíba, neste sábado (24) — Foto: Lara Brito/G1 Paraíba

Em Campina Grande, manifestantes se concentraram na Praça da Bandeira, no Centro, e seguiram até o Açude Velho.

Concentração para protesto contra Jair Bolsonaro em Campina Grande, na Paraíba — Foto: Reprodução/TV Paraíba

Em Patos, os manifestantes foram da Praça Edivaldo Mota, no Centro, até o Mercado Juvino Lilioso.

Em Sousa, os manifestantes se reuniram na Praça ao lado da Estação Ferroviária. Em Cajazeiras, o ato aconteceu na Praça das Oititicas.

Manifestação contra Jair Bolsonaro em Cajazeiras, no Sertão da Paraíba — Foto: Arquivo Pessoal/David Emanoell

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Pacheco dá novo recado a Bolsonaro e fala em pulso firme e forte contra retrocessos à democracia

Crise econômica deve elevar déficit habitacional para 6,1 milhões de moradias no país, diz estudo

Cobrar 'passaporte de vacina' a servidor público pode parar na Justiça

Aliados de Bolsonaro atribuem avanço da reprovação do presidente à piora da economia