Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Filho 04

Renan Bolsonaro esteve em festa de luxo clandestina com mais de mil pessoas

Filho mais novo de Bolsonaro esteve em festa interditada por descumprir regras sanitárias

Sem máscara, Renan aparece no evento em uma foto postada nas redes sociais ao lado de dois jovens, que também não utilizam o item de proteção. (Foto: Andressa Anholete/Getty Images)

Por

A fiscalização da Prefeitura de Goiânia interditou uma festa de luxo clandestina com cerca de mil pessoas, entre elas o filho mais novo do presidente, Jair Renan Bolsonaro, conhecido como 04. Sem máscara, Renan aparece no evento em uma foto postada nas redes sociais ao lado de dois jovens, que também não utilizam o item de proteção. A informação foi confirmada ao G1 pelos órgãos de fiscalização do município.

A festa foi interditada por volta das 23h30 de sábado (28). De acordo com o município, o local não possuía autorização para realizar o evento e estava desrespeitando as medidas sanitárias estabelecidas pela prefeitura, que permite a realização apenas de eventos corporativos com até 250 pessoas durante a pandemia.

De acordo com a Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma), a festa começou às 16h e estava prevista para terminar às 8h deste domingo (29), no Palácio Monte Líbano, no alto do Morro do Mendanha, na capital. Conforme o órgão, o dono do local foi multado pelo descumprimento da medida. O valor da multa não foi divulgado.

O G1 entrou em contato com o Palácio Monte Líbano, por telefone, na manhã deste domingo (29), para pedir um posicionamento sobre o caso, mas as ligações não foram atendidas até a última atualização desta reportagem.

Participam da fiscalização integrantes da Vigilância Sanitária, Secretaria Municipal de Planejamento (Seplan), Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma), Guarda Civil Metropolitana (GCM) e Corpo de Bombeiros.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Ninguém acerta a Mega-Sena e próximo concurso deve pagar R$ 33 milhões

Ministro anuncia autorização de instalação de transformador em Subestação João Pessoa II para transmissão de energia elétrica a outros estados do país

STF nega 8 habeas corpus pedidos pela defesa de Daniel Silveira

​Luísa Sonza rebate internauta falou de mudança em sua aparência