Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

durante show da Virada Cultural

Senador é roubado e faz apelo no palco

O senador Eduardo Suplicy (PT) teve carteira, celular e documentos furtados na Virada Cultural durante show de Daniela Mercury e Zimbo

Por

O senador Eduardo Suplicy (PT) teve carteira, celular e documentos furtados na Virada Cultural durante show de Daniela Mercury e Zimbo Trio na noite deste sábado (18). O senador foi vítima do furto enquanto cumprimentava o público que se reunia para o espetáculo de Daniela na praça da Estação Júlio Prestes.

Após o show terminar, por volta das 19h30, Daniela voltou ao palco e fez um apelo para que devolvessem os documentos, o celular e os cartões do senador.

"Pode até ficar com o dinheiro, mas queria meus documentos de volta. Agora percebi que levaram meu cartão de crédito e celular", disse Suplicy ao lado da cantora.

Cerca de 15 minutos depois do apelo, o senador voltou ao palco acompanhado de Daniela e anunciou que os documentos foram entregues. "Se puder devolver também o celular, eu agradeço. Me poupou um extraordinário trabalho ter devolvido os documentos", disse.

 

Prejuízo: R$ 400 e smartphone
Ao G1, o senador disse que veio de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, para acompanhar Daniela, Gal Costa e Racionais MC's.

O furto ocorreu, segundo ele, logo após desembarcar de um táxi na região da Estação Júlio Prestes.

Ele deixou a bagagem em um bar na região e seguiu com um smartphone Samsung e a carteira, com documentos e R$ 400 que tinha sacado no aeroporto. No trajeto até a plateia, ele conta ter cumprimentado diversas pessoas e não percebido que foi furtado.

Ainda por volta das 21h, já depois de ter recuperado os documentos, ele ainda tinha esperança de recuperar o celular. Ele se posicionou junto à fila do gargarejo e disse que iria cantar uma música para pedir que o ladrão devolvesse o aparelho. Na sequência, passou a interpretar "Blow in the wind", de Bob Dylan.

 

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal ClickPB não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2022 se encerrarem.

Destaque

ir para editoria →

Moraes será relator de ação contra Bolsonaro sobre varíola dos macacos no STF

Quase 500 crianças são registradas por dia sem o nome do pai no Brasil

Prêmio da Mega-Sena vai para quatro apostadores e cada bilhete ganhador vai receber mais de R$ 6 milhões

Dia dos Pais: entenda origem da data no Brasil e no mundo