Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Brasil

STF seguirá firme na salvaguarda da democracia, diz Fux

Fux abriu a sessão desta quarta com discurso de prestação de contas de um ano de gestão no comando do tribunal.

Para Fux, a democracia deriva do dissenso institucionalizado e não da "discórdia visceral ou do caos generalizado". (Foto: Reprodução)

Por

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) — O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Luiz Fux, disse nesta quarta-feira (22) que a Corte seguirá firme no propósito de salvaguardar o regime democrático e a Constituição.

Fux abriu a sessão desta quarta com discurso de prestação de contas de um ano de gestão no comando do tribunal. O mandato terminará em setembro do ano que vem. As informações são da Agência Brasil.

Para Fux, a democracia deriva do dissenso institucionalizado e não da "discórdia visceral ou do caos generalizado".

"Neste próximo ano de gestão, continuaremos a nossa caminhada com independência, diligência e comprometimento, no labor pela melhoria dos serviços prestados ao país sem prejuízo de velarmos dia após dia, pelas instituições que nos fazem republicanos e pela nossa inegociável democracia brasileira", afirmou.

O presidente do STF também avaliou que o Supremo tem contribuído para a estabilidade institucional do país.

"O STF não se quedou inerte. Pelo contrário, mostrou-se altivo, estável, resiliente e coeso, assegurando o regime democrático, dirimindo conflitos em prol de maior segurança jurídica e, de modo vigilante, garantindo a observância dos direitos fundamentais", completou.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

CPI da Câmara Municipal de São Paulo recebe denúncia de assédio sexual contra médicos da Prevent

Secretários de Guedes pedem demissão após manobra para abrir espaço no teto de gastos

Ao menos 16 tubarões foram vistos em Balneário Camboriú desde agosto

Governo de Rondônia proíbe uso da linguagem neutra em escolas públicas e privadas