Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Clilson júnior

Radialista, Jornalista e Blogueiro.

ver coluna →

Aplausos para Severino Cremosinho!

Cremosinho é um ambulante que anda, que não tem lugar fixo, que vai de rua em rua e exerce atividade de venda geladinhos, por conta própria e foi agredido neste primeiro de maio.

Vendedor de Cremosinho, Severino (Foto: da Internet)

Por

Toda vez que me deparo com a banalidade da intolerância, lembro logo da caricatura do pedinte-assaltante: “Eu poderia estar matando, eu poderia estar roubando, mas estou, aqui, fazendo apenas pedindo…”. Decência e bons propósitos não são monopólios de poucos hoje. Esse famoso vendedor de João Pessoa tem decência.

Quando um vendedor é agredido a socos e pontapés em uma rua de João Pessoa por tentar sobreviver vendendo “cremosinho”, muita gente descobre da pior maneira que a intolerância não vitimam unicamente as pessoas de algumas classes de excluídos. Ao acompanhar pelas redes sociais as agressões sofridas pelo ambulante mais famoso de Manaíra, Senhor Severino, descobrimos que precisamos de um mundo com mais diálogo, tolerância e amor.

Você que me lê, não deixe de se levantar contra essas injustiças. Precisamos estar todos unidos para assegurar o direito de todos os cidadãos brasileiras de ir e vir. Hoje foi “cremosinho”, amanhã poderá se você!

Cremosinho é um ambulante que anda, que não tem lugar fixo, que vai de rua em rua e exerce atividade de venda geladinhos, por conta própria e foi agredido neste primeiro de maio.

Merece respeito, merece nossos aplausos! 


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaques da Coluna

ver coluna →

O Flamengo jogou e o STF sem moral

Calvário revela que atriz Mayana Neiva era sócia de Editora e vendeu seu próprio livro ao Governo da Paraíba

Ricardo x João e a possivel reconciliação

O massacre da previdência e o povo que sifu!