Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Cotidiano

Editoria sobre Cotidiano ir para editoria →

42 anos

Comediante americano morre em 'overdose coletiva' com outras três pessoas, revela polícia

A modelo Kate Quigley está entre as vítimas. A identidade de outras duas pessoas ainda não foi divulgada.

Fuquan Johnson, de 42 anos, morreu neste fim de semana de uma aparente overdose. (Foto: Getty)

Por

O comediante Fuquan Johnson, de 42 anos, morreu neste fim de semana de uma aparente overdose - junto com outras duas pessoas - enquanto uma quarta vítima, resgatada ainda com vida, continua internada no hospital. A notícia, relatada pelo site TMZ, indica que a também comediante e modelo Kate Quigley, que esteve com Fuquan em uma reunião na sexta-feira à noite em uma casa no bairro de Venice, em Los Angeles, também está entre as vítimas da tragédia coletiva, mas conseguiu ser resgatada.

Kate, que se diz namorada do cantor Darius Rucker, da banda Hootie & the Blowfish, depois do músico ter se separado de sua esposa, era listada como uma das proprietárias e moradoras do local onde ocorreu a festa. Apesar de ter posado em diversas fotos publicadas nas redes sociais ao lado de Darius, inclusive escrevendo a palavra "casal" nas legendas, os representantes do vocalista e guitarrista negam que ele tenha algum envolvimento amoroso com a moça.

Ao que parece, a ligação chamando a polícia e as equipes de urgência partiu de uma casa vizinha à de onde ocorreu a festa por volta da meia-noite. Ao chegarem no local, policiais e paramédicos encontraram quatro pessoas que pareciam estar mortas ou em estado aparentemente grave. Fontes revelaram ao site que Johnson e outras duas pessoas foram declaradas mortas no próprio local, enquanto Kate foi resgatada para o hospital em estado grave. O estado de saúde da comediante ainda não foi divulgado.

Especula-se que o grupo tenha consumido cocaína misturada com fentanil, o que teria sido a causa da "overdose coletiva". As autópsias serão feitas nos três corpos - que agora estão no Instituto Médico Legal de Los Angeles. As identidades das outras duas vítimas ainda não foram divulgadas, mas acredita-se que ambas também sejam comediantes.Não está claro quem originalmente forneceu as drogas, quem a comprou ou em que circunstâncias ela pode ter sido distribuída ou usada pelos quatro indivíduos.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Arma cenográfica de Alec Baldwin tinha munição, de acordo com a polícia

Ciro Gomes diz que participa de construção ampla com Alckmin, Datena e Kassab em São Paulo

Repórter parabeniza GloboNews e é demitido no mesmo dia

Brigitte Bardot é multada por insultos racistas