Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Cotidiano

Editoria sobre Cotidiano ir para editoria →

Veja destaca ações da Prefeitura de Canoas-RS - idênticas às de Venezi

Colocaram a cidade “no caminho da ordem e da prosperidade”.

Por

Veja destaca ações da Prefeitura de Canoas-RS - idênticas às de Veneziano em CG - que colocaram a cidade “no caminho da ordem e da prosperidade”.

A revista Veja desta semana traz reportagem sobre ações administrativas do prefeito da cidade gaúcha de Canoas, Jairo Jorge, que colocaram a cidade “no caminho da ordem e da prosperidade”, segundo o repórter Igor Paulin, que assina o texto. A matéria evidencia uma similaridade com Campina Grande, pois muitas das ações colocadas em prática na cidade gaúcha também estão sendo efetivadas pelo prefeito Veneziano Vital do Rego em Campina.

A matéria é ilustrada por quatro fotos, três delas do Sistema de Monitoramento Integrado implantado em Canoas, na gestão de Jairo Jorge, ação semelhante à desenvolvida por Veneziano em Campina, este ano. “As imagens captadas por elas (as câmeras) são monitoradas 24 horas por dia em um centro de inteligência”, diz Veja.

Segundo a reportagem, o sistema é o maior sucesso e está colaborando com a polícia diariamente. “O sistema inibiu a ação dos meliantes, aumentou o número de prisões em flagrante e deu mais substância aos processos judiciais, por fornecer provas da autoria dos crimes”, diz a revista Veja.

O detalhe é que o sistema de Campina Grande é ainda mais abrangente, pois reúne, além das polícias Civil e Militar, o Corpo de Bombeiros, o SAMU e a STTP, com ações integradas. “O cidadão deve ser tratado como um cliente que requer uma rede de serviços públicos eficientes. A segurança está entre eles”, diz o prefeito de Canoas.

Veja diz que Canoas-RS está em plena expansão e conta, atualmente, com a construção de seis condomínios residenciais “para abrigar a emergente elite local”. Em Campina, atualmente, cinco condomínios horizontais estão sendo construídos: Alphaville, Atmosphera, Reino Verde, Sierra e Cantos do Conde.

Economizando dinheiro - A revista diz que Canoas, desde o ano passado, “começou a voltar ao rumo certo” e cita as ações da Prefeitura. Dentre elas, a de que “os recursos destinados ao custeio da máquina municipal foram reduzidos em 25%. A economia foi usada para pagar dívidas atrasadas da Prefeitura”.

Ação semelhante fez Veneziano em Campina ao assumir a Prefeitura, em 2006. Ele determinou, por exemplo, redução nos gastos com diárias e passagens aéreas que resultaram numa substancial economia para a cidade. Antes de 2006, a prefeitura gastava quase cinco vezes mais com diárias do que no governo atual: de 2002 a 2004 foram gastos quase 1 milhão e 400 mil reais com diárias de assessores. Já de 2005 a 2007 esse valor caiu para cerca de R$ 330 mil.

Em relação às passagens aéreas, antes de Veneziano a prefeitura gastava quase seis vezes mais: de 2002 a 2004 foram mais de R$ 2,5 milhões com passagens aéreas. No primeiro ano de mandato de Veneziano os gastos caíram para cerca de R$ 55 mil e de 2005 a 2007, aproximadamente R$ 475 mil.

Pagamento de dívidas - Com mais dinheiro em caixa, Veneziano passou a capitalizar o Instituto de Previdência dos Servidores Municipais - IPSEM, que estava prestes a fechar porque, desde a sua criação, a Prefeitura descontava os valores do IPSEM nos contracheques dos funcionários, mas quase sempre não os repassava ao instituto, gerando uma dívida de R$ 69 milhões - sem contar com a atualização financeira monetária da dívida.

Com mais dinheiro circulando, a cidade passou a crescer em setores como indústria, construção civil, comércio, serviços e agropecuária, aumentando todos esses indicadores e praticamente duplicando suas taxas de crescimento médio, a partir de 2005. Na geração de empregos, por exemplo, Campina saiu de meros 4,13% de 2001 a 2004 para 11,15%, a partir de 2005. Foi mais que a média de 6,2% da Paraíba e de 5,8% do Brasil.

Mais empregos - Outro indicador importante é o da geração de empregos formais. Em três anos Veneziano gerou mais empregos formais em Campina Grande que de 1999 a 2004. Segundo dados do Ministério do Trabalho, na gestão Veneziano foram gerados em Campina mais de 13 mil empregos formais, superando a soma dos cinco anos que o antecederam na prefeitura.

Isso ocorreu por conta de iniciativas como o centro Público de Emprego e os financiamentos concedidos pela Agência Municipal de Desenvolvimento - AMDE, causando um efeito multiplicador na economia da cidade, atraindo novos investimentos, aumentando o consumo e elevando a auto-estima dos campinenses.

A revista Veja finaliza a reportagem elogiando o prefeito de Canoas e dizendo que outros gestores deveriam seguir seu exemplo. “Com 70% de aprovação e aplaudido pelos seus adversários, Jorge tem uma boa lição para dar a seu mentor político, Tarso Genro, que assumirá o governo do Rio Grande do Sul em janeiro: ‘Um bom gestor público deve copiar os exemplos de sucesso de outros administradores, sem olhar para partidos ou ideologias’. É, de fato, a melhor receita”, afirma a revista.

No caso de Campina Grande, há semelhança entre os índices de aprovação: o de Veneziano gira em torno de 75% a 85%, segundo dados das últimas pesquisas realizadas na cidade. Porém, na relação política o exemplo do Rio Grande do Sul não é seguido por aqui: ao invés de reconhecer os acertos da gestão, como fazem os adversários de Jairo Jorge em Canoas-RS, os de Veneziano tentam desqualificar a gestão. “Essa não é a melhor receita”, aproveitando a frase de encerramento da matéria de Veja.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Governo da Paraíba estabelece ponto facultativo nas repartições estaduais nos dias 8, 24 e 31 de dezembro

Habilitações vencidas em 2020 terão um ano a mais de validade

Fonte interativa chama atenção em nova praça do Jardim Oceania, em João Pessoa

Procon-JP fiscaliza 120 lojas, notifica sete e autua duas durante Operação Black Friday