Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Cultura

Editoria sobre Cultura ir para editoria →

Cultura

Membros do grupo de k-pop BTS podem ser convocados para prestar serviço militar

Apesar dos fãs pedirem que o grupo recebesse tratamento especial, o ministro da Cultura do país, Park Yang-woo, confirmou que não haverá exceções para celebridades

Praticamente todos os homens sul-coreanos saudáveis devem prestar cerca de dois anos ao exército, até completarem 28 anos (Foto: Reprodução)

Por

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os membros da banda de k-pop BTS não serão dispensados do serviço militar obrigatório, segundo informou à Reuters o Ministério da Defesa do país.

Apesar dos fãs pedirem que o grupo recebesse tratamento especial, o ministro da Cultura do país, Park Yang-woo, confirmou que não haverá exceções para celebridades.

"Isentar artistas da cultura pop do serviço militar, embora tenham feito uma contribuição à reputação do país, não se alinha com a postura do governo de manter a justiça e a equidade", disse o ministério ao anunciar a decisão na quinta-feira (21).

Praticamente todos os homens sul-coreanos saudáveis devem prestar cerca de dois anos ao exército, até completarem 28 anos. Exceções são raras, mas já foram feitas para alguns músicos e atletas que vencem competições internacionais. 

Em 2018, Son Heung-min, que joga no time Tottenham Hotspur, recebeu uma dispensa após ajudar a seleção a conquistar o ouro nos Jogos Asiáticos. O Ministério da Defesa disse que menos de 45 pessoas foram dispensadas neste ano; mulheres são isentas.

Os sete integrantes da BTS, cujas idades variam entre 22 e 26 anos, estão fazendo sucesso mundialmente, tendo três álbuns no topo da parada norte-americana Billboard em menos de um ano, uma indicação ao Grammy e apresentações que vão de Nova York à Arábia Saudita.

Uma vez prestando o serviço militar, a banda provavelmente não poderá continuar. É possível fazer pequenos intervalos para encontrar a família, mas espera-se que o foco dos jovens seja no trabalho.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Zé Lezin, Kátia Cilene e Batista Lima fazem lives nesta quinta; confira programação completa

Ator paraibano que estrelou Bacurau viraliza com vídeo emocionante sobre saudade na pandemia

Bell Marques fará primeira live em cima de trio elétrico dia 25 em Fortaleza

Supla, Punk Anti-Flag e Lô Borges fazem lives nesta quarta; confira programação completa