Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Cultura

Editoria sobre Cultura ir para editoria →

Zabé da loca é destaque da série Arte Brasil do programa Metrópolis

Nesta sexta-feira (12), na série Arte Brasil do programa Metrópolis, da TV Cultura, o destaque foi Zabé da Loca, uma mulher que viveu dentro de uma pedra, perso

Por

Nesta sexta-feira (12), na série Arte Brasil do programa Metrópolis, da TV Cultura, o destaque foi Zabé da Loca, uma mulher que viveu dentro de uma pedra, personagem folclórica da cultura popular da cidade de Monteiro, no interior da Paraíba.

Em seu depoimento, Isabel Marques da Silva, disse que nasceu no dia 12 de janeiro de 1924. “Aos sete anos de idade entrei para essa vida. Vim para cá com um irmão. Eu tocava tudo, mas eu gosto mais de tocar reza. Agradeço ao Pai Eterno. Ele tem me ajudado muito. Meu destino é esse até um dia quando Deus me tirar”, ressaltou.

Sempre acompanhada de seu pífano, Zabé que desperta atenção pela propriedade com que executa o instrumento, é também reconhecida como a “Rainha do Pife” – forma como os sertanejos chamam o pífano.

Na reportagem exibida na última segunda-feira (8), a prefeita de Monteiro, Edna Henrique, disse que Zabé da Loca é a rainha da cultura popular. Na mesma reportagem, o poeta e repentista Oliveira de Panelas assim falou: "Zabé da Loca procura/trabalhar do mesmo jeito/entre a causa e o efeito/da nossa literatura/Por essa razão tão pura/fale para o mundo inteiro/Monteiro é cidade grande/do Nordeste Brasileiro/E pra falar sem mistura/que tem cultura pura/na cidade de Monteiro".

O Metrópolis exibiu, desde o dia 1º de fevereiro, às 21h35, na TV Cultura, uma série de reportagens sobre a cultura popular da cidade de Monteiro, no Cariri paraibano. O programa apresentou a origem da cidade histórica, com casarios de mais de cem anos e depoimentos marcantes de personagens locais pitorescos, a exemplo do poeta e memorialista Zé de Cazuza, considerado o computador do Nordeste. Ele guarda em sua memória mais de 20 mil poemas que só existem no “hd de seu cérebro”.

Ascom

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Casa do Papai Noel está aberta para visitação no Parque da Lagoa

'Sentimento de que todo suor foi válido', diz Marília Mendonça sobre vencer o Grammy

Scalene lança álbum "Respiro" neste sábado em João Pessoa

Waldonys é a principal atração da Rota Cultural Raízes do Brejo em Dona Inês