Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Eleições

Editoria sobre Eleições ir para editoria →

Formalidade

Secretário do TRE-PB explica que retotalização dos votos em Santa Rita ocorre após candidatos indeferidos terem recursos aceitos

O reprocessamento implica na mudança da ordem de suplência na Câmara Municipal de Santa Rita e na destinação dos votos dos candidatos não eleitos. Por isso a necessidade da formalidade.

A juíza Israela Cláudia da Silva Pontes, da 2ª Zona Eleitoral, convocou partidos políticos, o Ministério Público Eleitoral (MPE) e a OAB-PB para acompanhar o reprocessamento da totalização de votos para as eleições proporcionais em Santa Rita, no dia 3. (Foto: Walla Santos/ClickPB/Arquivo)

Por

O secretário de Tecnologia da Comunicação e Informação do TRE-PB, José Cassimiro Júnior, explicou que a retotalização dos votos em Santa Rita, na Grande João Pessoa, ocorrerão após os candidatos a vereador, Paulo Geovani Ferreira Carneiro (Paulo CDS) e Maria da Conceição da Silva (Conceição), que tinham registros de candidatura indeferidos, terem recursos julgados procedentes. A retotalização está prevista no §1º, do art. 216, da Resolução TSE nº 23.611/2019.


O reprocessamento implica na mudança da ordem de suplência na Câmara Municipal de Santa Rita e na destinação dos votos dos candidatos não eleitos. Por isso a necessidade da formalidade, que não significa recontagem de votos.

"Essa retotalização decorre da alteração da situação de dois candidatos, que tiveram registros indeferidos com recursos e tiveram recursos providos. Como há mudança na destinação dos votos, isso implica em retotalização dos votos. Isso também implica na ordem de suplência", declarou Cassimiro.

Saiba mais

Juíza convoca partidos para recontagem dos votos após candidatos do PSL contestarem resultado da Eleição 2020 em Santa Rita

Ele reforçou que a formalidade do reprocessamento é "uma formalidade prevista em resolução, considerando sempre que houver mudança na destinação dos votos."

A juíza Israela Cláudia da Silva Pontes, da 2ª Zona Eleitoral, convocou os partidos políticos, o Ministério Público Eleitoral (MPE) e a Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Paraíba para acompanhar o reprocessamento da totalização de votos para as eleições proporcionais em Santa Rita. O reprocessamento acontecerá na quinta-feira (3), no Cartório da 2ª Zona Eleitoral.


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Centro tem de mirar Bolsonaro por vaga no segundo turno, diz Rodrigo Maia

Doria e Leite admitem erro em 2018 e fazem críticas indiretas em debate para prévias do PSDB

Doria busca brechas nas regras de prévias do PSDB ante pressão de Eduardo Leite

Lula rebate ataques de Ciro e diz que Covid pode ter afetado cérebro de ex-aliado