Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Emprego

Editoria sobre Emprego ir para editoria →

Categoria comemora

Guardas municipais terão PCCR, plano de aposentadoria e aumento salarial

Milanez Neto destacou a convocação de mais de 300 guardas e que o cargo de comandante da corporação é ocupado por um de seus integrantes.

Hoje foi comemorado em sessão o Dia da Guarda Municipal (GM), que é oficialmente celebrado em 10 de outubro. (Foto: Divulgação/CMJP)

Por

Os guardas civis municipais de João Pessoa terão aumento salarial, plano de aposentadoria e Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR), segundo anunciado em sessão especial da Câmara Municipal, nesta sexta-feira (18). Hoje foi comemorado na CMJP o Dia da Guarda Municipal (GM), que é oficialmente celebrado em 10 de outubro.

A sessão especial foi proposta e presidida pelo vereador Milanez Neto (PTB), e teve como secretário o vereador Marcos Henriques (PT), além de contar com a presença de Humberto Pontes (Avante).

O autor da solenidade destacou o aumento de responsabilidades e atribuições da corporação, antes focadas no patrimônio público, que há dois anos trabalha com o uso de arma de fogo. Ele ainda destacou a convocação de mais de 300 guardas e que o cargo de comandante da corporação é ocupado por um de seus integrantes.

“Avançamos, mas precisamos vamos fazer mais. Progredimos na garantia da nova sede, no Centro, de mais armamento, veículos e fardamento. Agora, teremos que conseguir melhor remuneração para a GM, com a discussão de um plano de aposentadoria e do PCCR. Como líder do governo, tenho certeza de que o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), está quebrando a cabeça para a concessão desse reajuste salarial, algo que quero comemorar ano que vem”, garantiu Milanez Neto.

Segundo Marcos Henriques, garantir a existência de diálogo entre a Gestão Municipal e a categoria é a melhor forma de assegurar caminhos para a valorização e o reconhecimento da Guarda. “Como sindicalista, me inquieto, e não poderia ficar calado. A GM apresentou uma pauta de negociação, ano passado, que foi tratada com desdém pela Gestão Municipal. Além disso, a categoria, ao se mobilizar, sofre perseguição. Peço tranquilidade, parceria e sobretudo que a direção da Guarda possa dialogar com a categoria. Queremos guardas que trabalhem com dignidade e com um salário digno, que não seja um dos piores do Brasil. Nosso mandato está aberto para auxiliá-los e para dialogar a favor de vocês”, comprometeu-se o líder oposicionista na CMJP.

Sem casos de mal uso de armas

Na oportunidade, o comandante da GM, Diogo Guedes, firmou um compromisso com Marcos Henriques de estreitar os laços entre o parlamentar e a categoria para caminharem juntos a favor das negociações em torno da Guarda Municipal. Ele confirmou que, há dois anos, a corporação trabalha com equipamento letal e, até então, não houve qualquer ocorrência registrada em relação ao mal uso das armas de fogo. Diogo ainda comemorou a assinatura recente de licitação para aquisição de equipamentos e materiais, como coturnos, capacetes e coletes, sendo algumas das aquisições provenientes de proposituras dos vereadores Milanez Neto e Damásio Franca (PP).

“São 110 postos na cidade garantindo cidadania, prevenção à violência e segurança aos cidadãos. Tenho orgulho do nosso trabalho. Agradeço a todos vocês [guardas], ‘heroicos desde a origem’”, parabenizou a corporação, Diogo Guedes, fazendo alusão ao emblema estampado no brasão da GM. “O principal problema da Guarda é conquistar um salário melhor. O prefeito nomeou uma comissão para trabalhar na reforma de nosso PCCR e também já está em análise a questão do aumento salarial. Não admito menos do que vitória para nossa Guarda”, complementou.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Paraíba gerou mais de 1,8 mil vagas de emprego com carteira assinada em outubro, diz Caged

Espaço Cultural inscreve até quarta-feira para seleção de bibliotecário com salário de R$ 1,5 mil

Sine oferece 255 vagas para eletricistas em João Pessoa

Inscrições para seleção de professores para Escola Bilíngue em João Pessoa começam hoje