Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Mundo

Editoria sobre Mundo ir para editoria →

Pandemia

Pessoa infectada com ômicron foi a show com 1600 pessoas na Dinamarca

Segundo a imprensa local, todos os participantes tinham que apresentar um passaporte de Covid-19 válido para entrar no evento.

DJ dinamarquês Martin Jensen publicou foto do evento em que, posteriormente, foi identificado um caso da variante ômicron entre os espetadores. (Foto: Reprodução/Instagram)

Por

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) — Uma pessoa infectada com a nova variante do coronavírus ômicron participou no último fim de semana de um show do DJ dinamarquês Martin Jensen na cidade Aalborg, na Dinamarca. Segundo autoridades do país, cerca de 1.600 pessoas estavam no local.

A Dinamarca já confirmou quatro casos da nova variante, todas eles com passagem recente para a África do Sul. As autoridades sanitárias não confirmaram se o espectador do show era uma delas.

Segundo a imprensa local, todos os participantes tinham que apresentar um passaporte de Covid-19 válido para entrar no evento.

As regras dinamarquesas estipulam que as pessoas devem provar vacinação completa -ou recuperação da Covid nos seis meses anteriores-, um teste PCR negativo nas últimas 72 horas ou um teste rápido de antígeno nas últimas 48 horas para entrar em restaurantes, cafés e eventos internos.

"Seguimos as orientações à risca. Nesse sentido, ninguém entrou sem ter um passe corona válido. Isso se aplica ao público e convidados de outros eventos na casa", disse o diretor do evento, Nick Holm.

As pessoas que estavam no show serão acompanhadas nos próximos dias.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Diretora da OMS afirma que ainda não é possível dizer que estamos no fim da pandemia

Coberta de cinzas após erupção de vulcão, ilha de Tonga 'parece superfície da Lua', dizem moradores

Áustria torna vacinação obrigatória a partir de fevereiro

Japão, EUA e Canadá sentem impacto de tsunami provocado por erupção de vulcão submarino em Tongaf