Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Mundo

Editoria sobre Mundo ir para editoria →

Estados Unidos

Polícia americana encontra manual de bombas em casa de invasor do Capitólio

Manual estava em um pen drive encontrado em sua casa perto de Rochester, em Nova York, afirmaram os promotores em um comunicado ao defender a prisão dele até julgamento.

Mais de 135 pessoas foram presas até agora por participação na invasão realizada por apoiadores do então presidente Donald Trump. (Foto: Reprodução)

Por

Agentes de segurança dos Estados Unidos encontraram instruções para fabricação de bombas dentro da casa de um membro do grupo extremista Proud Boys que foi acusado de participar da invasão ao Capitólio em 6 de janeiro, disseram promotores em um processo judicial na sexta-feira (29).

Dominic Pezzola, de 43 anos, tinha "manuais de fabricação de armas e bombas" em um pen drive encontrado em sua casa perto de Rochester, em Nova York, afirmaram os promotores em um comunicado ao defender a prisão dele até julgamento.

Mais de 135 pessoas foram presas até agora por participação na invasão realizada por apoiadores do então presidente Donald Trump. O incidente deixou cinco pessoas mortas e fez com que integrantes do Congresso corressem para um local seguro.

Separadamente, o FBI disse na sexta-feira que as bombas encontradas nas sedes dos Comitês Nacional Democrata e Republicano no Capitólio foram colocadas lá na noite anterior ao ataque. O FBI aumentou a recompensa por informações sobre o incidente para até 100.000 dólares.

Pezzola, conhecido como "Spaz" pelos associados, "representa um sério perigo para a comunidade e também um sério risco de fuga", afirma o documento.

Um advogado de Pezzola, Mike Scibetta, não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Últimos hóspedes do Maksoud Plaza são expulsos no fechamento do hotel

Chile aprova casamento gay e adoção de filhos por casais do mesmo sexo

Erupção de vulcão deixa 34 mortos e rastro de destruição na ilha de Java

Cícero firma protocolo de intenções com escola de artes na Colômbia para qualificação de artesãos de João Pessoa