Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Mundo

Editoria sobre Mundo ir para editoria →

América Latina

Policiais dançam zumba com moradores que estão confinados na Colômbia

A intenção é entreter a população que está em isolamento social e tentar frear o número de contágios que no país

O país já registrou 2.979 infectados pela Covid-19 e 127 mortos vítimas do novo vírus. (Foto: Reprodução)

Por

Policiais de Bogotá, capital da Colômbia, encontraram uma maneira divertida de manter as pessoas que estão em isolamento social por conta do coronavírus entretidos: três vezes por dia, eles colocam caixa de som nas ruas, diante de apartamentos e começam a ensinar passos de zumba.

De acordo com o AFP, Johnny Pico Hernandez, idealizador da ação "Somos Um, Somos Todos" e instrutor de zumba  na Polícia Nacional da Colômbia, disse que o objetivo é transmitir aos moradores mensagens de esperança e fé entre as músicas e promovver momentos de alegria e saúde física e mental para os que estão confinados dentro de casa.

LEIA MAIS: Buenos Aires anuncia multas de até R$ 6,2 mil para quem não usar máscaras

"A vida é um Carnaval e é disso que se trata, de que as pessoas passem a quarentena de uma maneira positiva, alegre e sempre compartilhando com seus entes queridos sua melhor atitude", comentou ele.

O país já registrou 2.979 infectados pela Covid-19 e 127 mortos vítimas do novo vírus. Por este motivo, o presidente Iván Duque decretou que, por enquanto, o isolamento obrigatório vai se manter até o dia 27 de abril com o intuito de evitar mais infecções para que o sistema de saúde público não entre em colapso.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Libaneses realizam protestos e cobram respostas sobre explosões que mataram mais de 150 pessoas

Homem é assaltado após sacar mais de R$ 1 milhão em dinheiro para ajudar família durante pandemia

Javali rouba notebook e é perseguido por nudista na Alemanha

Avião se parte em dois durante pouso na Índia e deixa ao menos 15 mortos