Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Mundo

Editoria sobre Mundo ir para editoria →

Rússia

Putin critica ideias pró-LGBT e diz que progressismo ‘já era’

“Esta ideia progressista já começa a ser superada”, considerou o presidente russo, que na véspera tinha afirmado que o progressismo “já era”.

Presidente russo Vladimir Putin em coletiva de imprensa durante cúpula do G20 em Osaka, em 29 de junho 2019 (Foto: Reprodução)

Por

O presidente russo, Vladimir Putin, denunciou neste sábado ideais de liberdade sexual e de gênero que, segundo ele, são impostos às pessoas, contra a vontade da maioria.

“Em alguns países europeus, dizem aos pais que suas filhas não podem mais usar saia na escola. O que é isso?”, questionou Putin durante coletiva de imprensa, após uma cúpula de G20 em Osaka, no Japão.

“Esta ideia progressista já começa a ser superada”, considerou o presidente russo, que na véspera tinha afirmado, em uma entrevista publicada no Financial Times, que o progressismo “já era”.

“Agora, existe todo tipo de coisas: inventamos cinco ou seis gêneros […], eu nem entendo o que é isso”, acrescentou.

“O problema é que esta parte da sociedade, bastante agressiva, impõe seu ponto de vista à grande maioria” das pessoas, afirmou. Eles “impõem um certo tipo de educação sexual na escola, os pais não querem, mas não perguntam sua opinião”, acrescentou.

Segundo ele, “isso pode explicar o fenômeno Trump, sua vitória, o fato de que as pessoas descontentes saiam às ruas nos países ocidentais”.

Na Rússia, “temos uma atitude muito tranquila em relação à comunidade LGTB”, declarou. “Temos uma lei criticada por todo o mundo, a lei que proíbe a propaganda homossexual para menores”, lembrou.

“Mas, escutem, deixem que a pessoa cresça, se torne adulta e aí decida o que quer ser”, declarou Putin.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

França e Irlanda ameaçam acordo UE-Mercosul se Brasil não proteger a Amazônia

Madonna pede que Bolsonaro mude suas políticas e o chama de 'Borsalino'

Pescadora fisga peixe com 'duas bocas'

Premiê da Itália renuncia, mas crise segue sem solução