Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Mundo

Editoria sobre Mundo ir para editoria →

Mundo

Trump vota nas eleições presidenciais dos EUA

Presidente americano registrou voto antecipado na Flórida, um dos estados mais importantes na disputa americana e que abriu a votação no dia 19.

Usando máscara, Donald Trump deixa local de votação na Flórida, neste sábado (24). (Foto: Tom Brenner/Reuters)

Por

O presidente americano, Donald Trump, votou antecipadamente nas eleições presidenciais dos Estados Unidos na manhã deste sábado (24) em uma biblioteca em West Palm Beach, na Flórida. A votação antecipada no estado começou no dia 19 de outubro; a data oficial do pleito é 3 de novembro.

"Votei em um cara chamado Trump", disse, sorridente, ao sair.

No ano passado, o presidente americano mudou sua residência da Trump Tower, em Nova York, para Palm Beach, na Flórida. O estado, um dos mais importantes na eleição americana, é onde ele tem dois grandes resorts de golfe, um deles em West Palm Beach.

Flórida e Pensilvânia formam os dois maiores campos de batalha nestas eleições, e as equipes de Biden e Trump apostam fortemente na campanha nesses locais. Caso um deles vença em ambos os estados, fica muito perto de chegar aos 270 votos no Colégio Eleitoral.

O estado onde Trump mora tem grande eleitorado de origem latina e alta população de idosos — a segunda maior nos Estados Unidos. Além disso, é um clássico exemplo de estado pêndulo: a preferência do eleitorado costuma variar. O presidente venceu por lá em 2016.

Desta vez, a campanha espera capturar o voto do eleitorado latino, principalmente de descendentes de cubanos e de venezuelanos. O republicano tem um discurso contundente contra o regime de Cuba e, mais ainda, da Venezuela.

Recorde de votos

Diferente do Brasil, o voto não é obrigatório nos Estados Unidos, e, lá, os eleitores também podem escolher o candidato antes da data oficial das eleições, inclusive enviando o voto pelo correio. O país usa cédulas de papel.

Quase 55 milhões de americanos já registraram seu voto antecipado este ano, segundo a agência de notícias France Presse.

A pressa para votar está levando especialistas em eleições a prever que um recorde de 150 milhões de votos pode ser batido – e as taxas de participação podem ser maiores do que em qualquer eleição presidencial desde 1908.

Eleitores votam nesta segunda-feira (19), em Tampa, na Flórida, EUA. — Foto: Douglas R. Clifford/Tampa Bay Times via AP

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal ClickPB não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.

Destaque

ir para editoria →

Funcionários que tiraram foto com corpo de Maradona serão processados

Polícia atira gás lacrimogêneo em protestos contra agressão a produtor negro em Paris

Principal cientista nuclear do Irã é assassinado, e comandante militar promete vingança

Jacaré de 320 kg é encontrado nos Estados Unidos