Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Coronavírus

Aeroporto Castro Pinto registra queda de mais de 464 mil passageiros em relação a 2019 por causa da pandemia

De acordo com a Aena, empresa responsável pelos aeroportos de João Pessoa e Campina Grande, em janeiro de 2020, antes da pandemia, 21 voos diários atendiam a capital paraibana.

Ainda segundo a Aena, a partir de novembro, as companhias planejam mais incremento de rotas e a média passará para 13 voos diários, mas com os mesmos destinos do mês de outubro. (Foto: Walla Santos)

Por

A queda no número de passageiros causada pela suspensão ou diminuição de voos em João Pessoa registrou uma diferença de 464.396 passageiros a menos no aeroporto Castro Pinto, em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo dados obtidos com exclusividade pelo ClickPB, por conta da pandemia 527.141 passageiros foram registrados de janeiro a setembro de 2020. Já no ano passado esse número é quase o dobro 991.537 passageiros. 

De acordo com a Aena, empresa responsável pelos aeroportos de João Pessoa e Campina Grande, em janeiro de 2020, antes da pandemia, 21 voos diários atendiam a capital paraibana com as seguintes origens e destinos: Recife, Campinas, Belo Horizonte, Salvador, Rio de Janeiro, Buenos Aires, Salvador, São Paulo (Guarulhos) e Brasília. Com o decreto de calamidade pública e o aumento dos casos de contaminação, o fluxo reduziu para apenas um voo diário e todos com origem e destino a São Paulo (Guarulhos). 

Com a retomada, que se intensificou em outubro, João Pessoa passou a ter 12 voos diários com os seguintes destinos: Guarulhos, Recife, Salvador, Rio de Janeiro, Brasília e Campinas. Todas as operações com idas e voltas. 

Ainda segundo a Aena, a partir de novembro, as companhias planejam mais incremento de rotas e a média passará para 13 voos diários, mas com os mesmos destinos do mês de outubro. 

SAIBA MAIS:
Voos na Paraíba estão abaixo do esperado e secretário de Turismo participará de reunião com Gol, Latam e Azul para viabilizar aumento do fluxo da malha aérea

Diferença nos preços de voos entre Paraíba e estados vizinhos ultrapassa R$ 1.300 e internautas reclamam: "é muito mais em conta pegar por Recife"

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Prefeita eleita no Conde denuncia atraso no processo de transição: "atual gestora já está prejudicando a próxima gestão"

João Azevêdo assina nesta quarta-feira empréstimo de US$ 127 milhões e anuncia obras hídricas contempladas com o investimento

Festival Aruanda 2020 terá transmissão online e apenas duas sessões presenciais em João Pessoa

Justiça condena empresa Brastex a pagar mais de R$ 18 mil a caminhoneiro por atrasar descarregamento de mercadorias