Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Decreto

Aumenta procura por vacina contra Covid-19 em Patos e em três dias mais de mil imunizados após exigência de 'passaporte da vacina'

O decreto com exigência de documento começou a valer no último dia 16 de setembro.

Procura por vacinação contra covid-19 aumenta na cidade de Patos após decreto. (Foto: Reprodução)

Por

Do último sábado até esta segunda-feira (20), mais de 1 mil pessoas foram vacinadas contra Covid-19 no município de Patos, no Sertão paraibano. Houve um aumento na procura do imunizante na cidade, de acordo com informações do procurador do município, Alexsandro Lacerda. Isso ocorre em virtude da exigência da apresentação do “passaporte da vacina” feita por meio do decreto publicado pela gestão.

A determinação de apresentar o documento para acesso a estabelecimentos comerciais está em vigência desde o dia 16 de setembro e segue até o dia 30 de setembro, a princípio. “De sábado até ontem, mais de mil pessoas tomaram a primeira dose. Já tinha se esgotado todo o prazo para a primeira dose, mas devido ao decreto houve um aumento nessa procura. Mais de mil pessoas tomaram a primeira dose após publicação do decreto”, revelou o procurador, em conversa com o ClickPB.

Ainda de acordo com Alexsandro Lacerda, houve adesão de vários segmentos, principalmente do comércio, das instituições educacionais, entre outras, pois com o decreto, os locais estariam afixando as exigências para apresentação do cartão de vacinação. Esse documento pode ser apresentado de forma imprensa, o que foi dado durante o processo de imunização, ou on-line por meio do aplicativo Conect SUS.

Na semana passada, a Prefeitura de Patos publicou um novo decreto que adotava novas medidas temporárias e emergenciais da prevenção ao Covid-19. Entre as recomendações estava a apresentação do Passaporte de Vacinação, para ingressar em estabelecimentos do setor público ou privado. Ontem (20), o Ministério Público da Paraíba (MPPB) recomendou a revogação do decreto ou ato administrativo que exige o documento.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Últimos editais da Lei Aldir Blanc 2ª fase encerrarão inscrições na terça-feira

Cabedelo libera mais de R$ 115 mil em crédito para MEIs

Tribunal de Justiça da Paraíba começa a receber custas judiciais através do PIX a partir de novembro

Hospital Municipal do Valentina, em João Pessoa, realiza 47 mil atendimentos em nove meses