Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Política

Câmara de João Pessoa instala CPI da Banda Larga nesta segunda-feira e irregularidades na prestação de serviços por provedoras de internet serão investigadas

Segundo a presidente da Comissão, vereadora Eliza Virgínia, o objetivo da CPI é investigar a relação entre consumidor e provedor de internet para que não haja irregularidades.

Será nesta segunda-feira (13), às 9h30 no plenário do Legislativo. (Foto: reprodução)

Por

A instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Banda Larga na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) será nesta segunda-feira (13), às 9h30 no plenário do Legislativo. A CPI vai investigar a qualidade da prestação de serviços por empresas provedoras de internet com atuação na capital da Paraíba.

Composta por sete integrantes, a CPI da Banda Larga tem como presidente a vereadora Eliza Virgínia (Progressistas), como vice-presidente o vereador Bispo José Luiz (Republicanos), como relator o vereador Odon Bezerra (Cidadania) e como membros os vereadores Junio Leandro (PDT), Coronel Sobreira (MDB), Bosquinho (PV) e Carlão (Patriota).

Segundo a presidente da Comissão, vereadora Eliza Virgínia, o objetivo da CPI é investigar a relação entre consumidor e provedor de internet para que não haja irregularidades. “Espero que as pessoas não sejam lesadas, saibam o que estão pagando. Existem algumas legislações que dizem que não é necessário que o provedor forneça 100% do que está no contrato, mas o consumidor nunca sabe. Ele precisa saber, ter certeza, convicção e ciência de que o que está pagando e que não é exatamente o que foi contratado, mas também não pode ser muito a menos do que a lei permite”, explicou.

A vereadora ainda acrescentou que houve um aumento das reclamações nos serviços de proteção ao consumidor, os procons. “No ranking das empresas que mais foram reclamadas estão em primeiro, segundo e quarto lugar os provedores de internet. Então, levando isso em consideração, essa demanda chegou e estamos abrindo essa CPI para verificar principalmente essa relação entre consumidor e provedor”, ressaltou.

Eliza Virgínia adiantou que na próxima segunda-feira (13), além da instalação da CPI, haverá uma coletiva de imprensa às 11h e que o encontro com os jornalistas vai contar com a presença de profissionais especializados, para detalhar como serão os procedimentos adotados pela Comissão para conduzir a investigação, mediante os órgãos competentes.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Bruno Cunha Lima entrega reforma completa da UTI do Complexo Hospitalar Municipal Pedro I

João Azevêdo inspeciona obra e anuncia inauguração do primeiro Museu da Cidade de João Pessoa para 4 de novembro

Defesa de Roberto Santiago aguarda análise de pedido para derrubada de cautelares contra empresário

Governo da Paraíba concede isenção total de ICMS em vendas de sanduíches para campanha solidária de combate ao câncer infantil deste sábado