Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Atenção Básica

Equipe do Ministério da Saúde visita USF no Geisel para acompanhar ‘pré-natal do pai’

De acordo com o profissional, o acompanhamento dos pais é muito importante no desenvolvimento da gravidez e na construção do ambiente familiar.

As orientações em saúde no pré-natal masculino também abordam outros cuidados, como é o caso da indicação de uma alimentação adequada. (Foto: Reprodução/Assessoria)

Por

Uma equipe do Ministério da Saúde visitou a Unidade de Saúde da Família (USF) Estação Saúde, no bairro Ernesto Geisel, nesta quarta-feira (18), para acompanhar o desenvolvimento da consulta ‘pré-natal do pai’ nos serviços de Atenção Básica da Prefeitura de João Pessoa. Nos últimos 12 meses, foram realizadas 29 mil consultas de pré-natal na rede pública da Capital e a estimativa é que os parceiros das gestantes participaram de 8% desse total.

O ‘pré-natal do pai’ já é incentivado nas Unidades de Saúde da Família do município há cerca de três anos, voltado para os parceiros das gestantes. Assim como no pré-natal da mulher, a população masculina também pode ter acesso ao acompanhamento de uma equipe multidisciplinar de saúde, além da realização de exames.

Um dos serviços que tem se destacado nesta política de saúde, em João Pessoa, é a USF Estação Saúde. “Desde a primeira consulta, nós incentivamos que a gestante convide o parceiro para acompanhar o pré-natal e, aos poucos, tem aumentado a presença do companheiro nas consultas”, destacou Nilhenderson Lopes, enfermeiro da equipe Geisel II da USF Estação Saúde.

De acordo com o profissional, o acompanhamento dos pais é muito importante no desenvolvimento da gravidez e na construção do ambiente familiar. “Por diversos motivos, inclusive cultural, normalmente o homem comparece menos que a mulher aos serviços de saúde, mas buscamos incentivar o acompanhamento do parceiro durante a gestação, tirando dúvidas e orientando sobre a relação sexual durante a gestação, como agir quando a bolsa da mulher estourar, o dia do parto, amamentação e outras questões”, explicou o enfermeiro.

“Então, neste processo, o pai vai se envolvendo, se esclarecendo e entendendo qual o seu papel no período de gestação e também após o nascimento da criança. Muitos se emocionam no momento em que ouvem o batimento cardíaco do bebê durante a consulta e isso possibilita a criação de vínculos”, completou Nilhenderson.

O mecânico Jesualdo Alves aguarda pelo segundo filho com a esposa Zaine Sousa e, pela primeira vez, está participando das consultas de pré-natal. “Está sendo muito interessante e gratificante estar ao lado dela acompanhando tudo. Já fiz alguns exames e estamos recebendo toda a atenção do enfermeiro e da equipe. É um atendimento humanizado”, afirmou.

Para a consultora técnica do Ministério da Saúde, Juliana Takarabe, a consulta de ‘pré-natal do pai’ tem se mostrado uma experiência exitosa em João Pessoa. Ela avaliou a visita positivamente e defende que o modelo seja multiplicado para todas as Unidades de Saúde da Família.

‘Pré-natal do pai’ - É voltado ao público masculino e começa com exames de sangue completos, para averiguar possíveis doenças crônicas, como diabetes ou doença falciforme, como também o controle do colesterol. O Fator Rh do futuro pai também é analisado e comparado com a mãe para checar se pode haver algum risco para o feto. Além de todos esses exames, o IMC, peso e a pressão arterial são verificados e ainda são realizados testes rápidos para detecção de hepatites virais, ISTs, HIV e sífilis, que podem ser transmitidas para a mãe e acarretar consequências graves para o feto.

As orientações em saúde no pré-natal masculino também abordam outros cuidados, como é o caso da indicação de uma alimentação adequada, prática de atividades físicas e aplicação de vacinas, caso necessário. Nesta fase, também é indicado ao homem o acompanhamento e a participação de todo o processo da gestação, como forma de contribuir para uma melhor qualidade de vida de toda a família.

Cartilha - A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) lançou, no ano passado, uma cartilha sobre o pré-natal do homem para fortalecer as ações da Prefeitura no cuidado integral à saúde da população masculina de João Pessoa. “É um material de cunho informativo e uma estratégia de divulgação do trabalho desenvolvido pela Rede de Saúde Municipal, pois percebemos o eixo da paternidade ativa como potencial de cuidado ampliado, quebrando paradigmas como o machismo e avançando para uma saúde mais integral, com relações familiares saudáveis”, ressaltou Késsio Brito, coordenador da Área Técnica de Saúde do Homem da SMS.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Bebê é internado em estado grave e com sinais de maus tratos no Hospital de Trauma em João Pessoa

IFPB é bicampeão mundial da Huawei ICT Competition na categoria nuvem

Empaer realiza leilão virtual de 63 carros usados, no próximo sábado; Saiba como participar

Gilmar Mendes manda para o TRE-PB processo principal da Operação Calvário ao acatar recurso do ex-governador Ricardo Coutinho