Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Professores

Inscrições para concurso de professor do Estado começam nesta quarta-feira

O salário oferecido é de R$ 2.110,12. ​​O valor da taxa de inscrição é R$ 39.​

O certame será composto por duas fases que envolvem prova objetiva e de títulos. De acordo com o certame a prova objetiva será aplicada no dia 21 de julho. (Foto: Walla Santos)

Por

Começa nesta quarta-feira (24), a partir das 9h, as inscrições para o concurso que oferta 1.000 vagas para professores. Quem desejar prestar o certame tem duas opções para realizar as inscrições, de forma online, acessando a página da organizadora do concurso clicando aqui ou comparecendo ao posto de atendimento no colégio Lyceu Paraibano, em João Pessoa, que funcionará das 10h às 14h, de segunda a sexta-feira (exceto feriados), do dia 24/04/2019 ao dia 06/06/2019.  O salário oferecido é de R$ 2.110,12. O valor da taxa de inscrição é R$ 39.

O edital foi divulgado nesta terça-feira (23), no Diário Oficial do Estado. Acesse o link e confira a partir da página 9do documento do edital na íntegra

As inscrições terminam no dia 6 de junho.

O certame será composto por duas fases que envolvem prova objetiva e de títulos. De acordo com o certame a prova objetiva será aplicada no dia 21 de julho.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Caminhoneiros suspendem protesto contra preço do diesel e taxa de frete

Criança de 7 anos torturada pela mãe é submetida a cirurgia de reconstrução do couro cabeludo

Inmet emite alerta de perigo potencial para 62 cidades na Paraíba por causa de chuvas

PRF nega bloqueios em rodovias da Paraíba, mas reconhece movimentação de caminhoneiros