Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Evento

João Azevêdo participa da finalíssima do 4° Festival de Música da Paraíba e entrega prêmio ao vencedor

O Festival de Música da Paraíba distribuiu R$ 28 mil em prêmios aos vencedores.

João Azevêdo entrega premiação a vencer de festival na Paraíba. (Foto: Divulgação/Secom-PB)

Por

O governador João Azevêdo prestigiou, na noite dessa sexta-feira (10), a Finalíssima do 4° Festival de Música da Paraíba. O evento, prestigiado também pela primeira-dama do Estado, Ana Maria Lins, ocorreu no Teatro Paulo Pontes do Espaço Cultural José Lins do Rêgo, em João Pessoa. Com a canção “Você Viu”, o compositor João Carlos Jr foi o grande vencedor da noite, conquistando os prêmios de 1º lugar, melhor intérprete e júri popular.

Considerado o maior espaço para revelação e exposição de compositores e cantores do Estado, o Festival de Música da Paraíba distribuiu R$ 28 mil em prêmios aos vencedores. O evento foi uma realização do Governo do Estado, por meio da Empresa Paraibana de Comunicação (EPC) em parceria com a Secretaria da Comunicação Institucional (Secom-PB), Fundação Espaço Cultural José Lins do Rêgo (Funesc) e PBGás.

Na ocasião, João Azevêdo destacou a importância do evento no fortalecimento da cultura paraibana. "Em primeiro lugar, é uma alegria muito grande estar aqui neste momento. A qualidade das músicas é fantástica, com arranjos maravilhosos. Quero parabenizar todos que organizaram esse Festival, porque eu tenho a convicção de que vocês nos proporcionaram duas horas de acalanto, duas horas que nos deixaram mais leves", disse, lembrando as milhares de pessoas que acompanharam o evento pela internet. 

"Vivemos momentos tão preocupantes, mas poder participar de um evento com o nível desse Festival, que superou todas as expectativas. É uma satisfação muito grande poder colaborar com um momento de alegria para todos nós", prosseguiu o governador João Azevêdo.

A presidente da Empresa Paraibana de Comunicação (EPC), Naná Garcez, destacou a diversidade do evento. "Esse Festival cresceu muito em nível de participação, em nível de diversidade, de ritmos e se tornou um grande palco não apenas para artistas novos, como apareceram vários, mas também para artistas experientes", disse, destacando o alcance de público obtido pelo evento por conta da internet. 

Já o presidente da Fundação Espaço Cultural José Lins do Rêgo, Pedro Santos, afirmou que o evento se consolida como referência da música da Paraíba. "Chegamos à Final da 4° edição desse Festival consolidando esse palco como um palco de referência da música da Paraíba. Além disso, o Festival de Música da Paraíba é uma verdadeira caixa de ressonância dos debates que têm ocorrido no Brasil", comentou.

Outras autoridades que prestigiaram o evento foram o secretário de Estado da Cultura (Secult), Damião Cavalcanti; o secretário executivo da Pasta, Milton Dornellas, e o presidente da PBGás, Jailson Galvão.

Em sua 4ª edição, o Festival de Música da Paraíba homenageou o centenário de nascimento do compositor paraibano Genival Macedo. Com forte contribuição na música do Estado, Genival Macedo é mais conhecido pela autoria de "Meu Sublime Torrão", que é desde 1972 o hino popular da capital paraibana.

Ao todo, foram distribuídos R$ 28 mil em prêmios pelo 4° Festival de Música da Paraíba, sendo R$ 10 mil para o primeiro colocado, R$ 7 mil para o segundo e R$ 5 mil para o terceiro lugar. Além de mais R$ 3 mil para o melhor intérprete e R$ 3 mil para a categoria voto popular, criada nesta edição do evento.

Os vencedores

Com a canção “Você Viu”, o compositor João Carlos Jr foi o grande vencedor da 4ª edição do Festival de Música da Paraíba, que teve sua etapa final realizada na noite da última sexta-feira, no Teatro Paulo Pontes, em João Pessoa, com transmissão on-line. O artista arrebatou os prêmios de 1º lugar (R$ 10 mil), melhor intérprete (R$ 3 mil) e júri popular (R$ 3 mil). O segundo lugar ficou com Totonho, que defendeu a música “Pega o Beco”, ao lado da sua banda As Cabritas, levando R$ 7 mil. O terceiro colocado foi Tom Drummond, que apresentou a composição “Desgoverno” e ganhou R$ 5 mil. 

Os cheques simbólicos foram entregues pelo governador do Estado, João Azevedo e pela primeira dama, Ana Maria Lins, pelo presidente da Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc), Pedro Santos; a presidente da Empresa Paraibana de Comunicação, Naná Garcez; pelo presidente da PBGás, Jailson Galvão.

Além das três campeãs, outras 11 músicas foram apresentadas na finalíssima do festival: “Encomenta” (P. Motta e Will); “Terra do Acais” (Laíz de Oyá); “Fruto Coragem” (Sinamonis); “Ar, é Ar” (Pedro Mello); “Pelas Calçadas” (Tiago Sotero); “A Pergunta que não quer calar” (Hugo César e Lucas Barreto); “Bandeira” (Alcides Prazeres); “Se prestar eu vou postar” (Aldo Marques); “Paraíba Sou Sim” (Elon); “Pássaro” (Samir) e “Coco Aperreado” (Larry Brasil). A noite contou, ainda, com pocket show da cantora Maria Kamila, que se apresentou ao lado do multiinstrumentista Daniel Pina e do parceiro da banda Os Gonzagas, Yuri Gonzaga. O evento foi apresentado pela dupla de jornalistas Amanda Falcão e Jãmarrí Nogueira.

A finalíssima foi definida por um júri formado pela jornalista e fundadora do portal Mundo da Música Láisa Naiane (BA); Gabriel Souto (RN), produtor musical e músico autodidata; Gal Menezes (PE), cantora e integrante do grupo Encantaria; Eugênio Castro (MG), músico, produtor musical e arranjador, fundador e diretor da distribuidora QUAE; Juçara Figueredo (RN), responsável pelo Fest Bossa & Jazz;  Jomardo Jomas (RN),fundador e diretor do Festival MADA.

A novidade deste ano foi a possibilidade de votação popular on-line, pelo site do festival. Ao todo, foram computados 55.808 votos. O mais votado pelo público na internet levou R$ 3 mil para aquisição de um equipamento musical. 

A edição deste ano recebeu 362 inscrições de composições inéditas e, após um criterioso processo de curadoria, 30 delas foram selecionadas para participar das eliminatórias, realizadas nos dias 3 e 4 deste mês.

O local onde aconteceram as apresentações foi preparado para cumprir todos os protocolos de segurança, devido à pandemia do coronavírus, e, por isto também, o festival foi transmitido pelos canais oficiais no YouTube da Rádio Tabajara e da Funesc, pelas rádios Tabajara FM 105,5 e AM 1.110 e pela TV Assembleia nos canais 8.2 (TV aberta na Grande João Pessoa, Campina Grande, Patos e região) e 340.2 (Sky, GVT e Claro/NET). Como o evento aconteceu de forma virtual, apenas os músicos, concorrentes, equipes de produção e convidados em número limitado puderam estar presentes. No entanto, todo o conteúdo continua disponível nas plataformas digitais.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Opera Paraíba contabiliza mais de nove mil cirurgias até o mês de outubro

Cemitérios de Campina Grande ficarão abertos durante quatro dias para evitar aglomerações no Dia de Finados

João Azevêdo reivindica no TCU liberação das obras do Ramal de Piancó para assegurar água a 37 municípios da Paraíba

Walber Virgolino critica Romero Rodrigues: "Deixou uma atitude negativa na política com traição"