Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Subsidiados

Claudia Leitte, Victor & Leo e Huck na lista dos jatinhos do BNDES

Técnicos do banco calculam em R$ 700 milhões o prejuízo com a política de subvenção adotada por Lula e Dilma.

A aeronave adquirida por Huck veio a público no ano passado, quando ele despontava como possível candidato à Presidência (Foto: Brasil 247)

Por

O Antagonista revelou há pouco os proprietários dos dez jatinhos mais caros financiados pelo BNDES a juros subsidiados entre 2009 e 2014. Técnicos do banco calculam em R$ 700 milhões o prejuízo com a política de subvenção adotada por Lula e Dilma.

Na lista de 134 agraciados, há famosos como o apresentador Luciano Huck, a cantora Claudia Leitte e a dupla sertaneja Victor & Leo.

A aquisição de uma aeronave por Huck veio a público no ano passado, quando ele despontava como possível candidato à Presidência.

O jatinho foi comprado em 2013, em nome da empresa Brisair Serviços Técnicos Aeronáuticos pelo valor de R$ 17,7 milhões, via Itaú/Unibanco, com juros a 3% ao ano.

A modalidade de empréstimo do BNDES por meio de bancos privados tem como objetivo reduzir o risco da operação.

O Itaú/Unibanco também foi o agente do empréstimo de R$ 6,1 milhões para o jatinho da cantora baiana. O recurso foi liberado, em 2009, em nome da Bahia Golf Agência de Viagem, registrada em nome do seu pai, Claudio Oliveira Inácio. Juros de 4,5% ao ano.

No caso da dupla sertaneja, o BNDES liberou por meio do Banco do Brasil uma linha de R$ 6,4 milhões para a compra de um jato executivo da Embraer. O dinheiro saiu também em 2009 com a mesma taxa de juros de 4,5%, em nome da empresa Vida Boa Shows e Eventos, de Vitor e Leonardo Chaves.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Desembargador suspende processo de cassação do mandato do vereador José Eudes

CCJ considera que revogação do título de cidadão pessoense a Bolsonaro é inconstitucional

CCJ aprova projeto de Eliza Virgínia que proíbe mulheres trans em times femininos

Roberto Paulino revela que fechou com João Azevêdo e só faltam alguns detalhes para o anúncio