Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Nova data

CPI da Covid-19 adia leitura de relatório final em meio a divergência

A decisão foi tomada após reunião neste domingo do G7, o grupo de senadores que é majoritário na comissão.

Por

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - A CPI da Covid anunciou neste domingo (17) ter adiado a leitura do relatório final que estava marcada para esta terça-feira (19).

De acordo com informações iniciais, a intenção é postergar em cerca de uma semana a data da apresentação do texto do senador Renan Calheiros (MDB-AL), possivelmente para o dia 26.

"Tem muita divergência ainda, precisamos discutir. Em relação a indiciamento, tipificação de crime. A ideia é uma semana de vista", afirmou o senador Humberto Costa (PT-PE), integrante da comissão.

A decisão foi tomada após reunião neste domingo do G7, o grupo de senadores que é majoritário na comissão.

Após mais de cinco meses de trabalhos, o texto preliminar do relatório aponta que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) adotou o negacionismo da pandemia não só como discurso retórico, mas como política pública de governo.

Em cinco volumes, a minuta do parecer feito por Renan pede o indiciamento de mais de 60 pessoas, entre elas filhos do presidente, ministros de Estado, integrantes e ex-funcionários do Ministério da Saúde e empresários.

Além disso, Renan propõe 17 projetos de lei ou mudança na Constituição, que incluem definir crime para punir a disseminação de fake news, hoje inexistente na lei brasileira.


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

STJ nega retirada de tornozeleira de Cláudia Veras e revoga apenas recolhimento domiciliar noturno

Pré-candidato ao Senado, Efraim Filho diz que está confiante para obter o apoio de João Azevêdo nas eleições em 2022

Cabo Gilberto mantém intenção de disputar o governo em 2022, mas ainda procura apoio da "ala conservadora" na Paraíba

Saiba como votaram os deputados paraibanos na MP que institui o Auxílio Brasil; programa vai substituir o Bolsa Família