Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Editoria sobre Política ir para editoria →

Exclusiva

Executiva Nacional do Podemos confirma expulsão de Berg Lima

A decisão do Executiva Estadual do Podemos na Paraíba, comandada pelo deputado estadual Janduhy Carneiro, pela expulsão de Berg Lima, aconteceu durante reunião de seus membros

De acordo com Janduhy, a decisão da Executiva Estadual pela expulsão dele primou pela ética e pela decência (Foto: Reprodução)

Após seis meses da prisão do prefeito afastado de Bayeux Berg Lima, a Executiva Nacional do Podemos informou com exclusividade ao Portal ClickPB, nesta quinta-feira (11), a decisão de expulsá-lo do partido, em função do escândalo em que o filiado se envolveu, ao ser preso em 5 de julho. O encaminhamento pedindo a expulsão de Berg foi aprovado pela Executiva Estadual do Podemos na Paraíba ainda no dia 17 de julho de 2017.

Questionada pelo ClickPB, a instância nacional confirmou a expulsão de Berg Lima: "Em reunião deliberativa, a Executiva Nacional decidiu pela expulsão dos nomes mencionados. A exclusão já deverá constar da próxima lista de filiados que será encaminhada aos TREs ainda neste semestre", informou a Executiva Nacional do Podemos ao Portal ClickPB. 

A decisão do Executiva Estadual do Podemos na Paraíba, comandada pelo deputado estadual Janduhy Carneiro, pela expulsão de Berg Lima, aconteceu durante reunião de seus membros, por unanimidade dos presentes. Mas, segundo o presidente estadual da legenda, Janduhy Carneiro, a palavra final sobre o caso ficou para o Conselho de Ética da Executiva Nacional, em Brasília, que avocou a competência para o julgamento.

Janduhy explicou o motivo da avocação. Segundo ele, a competência para decidir sobre o caso normalmente seria do presidente da instância municipal do partido, contudo, em Bayeux, o diretório municipal do Podemos estava sob a presidência de Berg Lima, que protagonizou o escândalo. 

De acordo com Janduhy, a decisão da Executiva Estadual pela expulsão dele primou pela ética e pela decência. 

Dos sete membros do partido na Paraíba, na reunião, estiveram presentes cinco membros, que votaram de forma unânime pela expulsão de Berg da legenda, e encaminhamento dos fatos ocorridos para o Conselho de Ética da Executiva Nacional julgar o caso, em Brasília.

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Ricardo Coutinho vai até Brasília para debater candidatura de Joaquim Barbosa pelo PSB

Segundo Marina Silva, Bolsonaro evoca o lado escuro da força

General visita presidente da CMJP e destaca trabalhos do exército na Paraíba

MPE pede cassação da prefeita Maria Eunice no TRE