Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Videoconferência

João Azevêdo diz que reunião com Bolsonaro foi respeitosa e espera que primeira parcela do socorro aos Estados seja paga ainda em maio

A Paraíba deve receber R$ 448 milhões em quatro parcelas, segundo revelou o jornalista Luís Torres, no Arapuan Verdade, da Arapuan FM.

Na reunião de hoje, foi assegurada a sanção do projeto de socorro emergencial aos Estados e municípios para o enfrentamento dos efeitos negativos da pandemia do novo coronavírus. (Foto: Secom-PB)

Por

O governador João Azevêdo participou de videoconferência com o presidente Jair Bolsonaro, nesta quinta-feira (21), e disse que a reunião foi respeitosa. Ele espera que a primeira parcela do socorro aos Estados seja paga ainda neste mês de maio. A Paraíba deve receber R$ 448 milhões em quatro parcelas, segundo revelou o jornalista Luís Torres, no Arapuan Verdade, da Arapuan FM.

Na reunião de hoje, foi assegurada a sanção do projeto de socorro emergencial aos Estados e municípios para o enfrentamento dos efeitos negativos da pandemia do novo coronavírus. O encontro também teve as presenças do presidente do Senado, Davi Alcolumbre; do presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia; e de ministros.

O programa de socorro previsto na proposta aprovada pelo Congresso Nacional destina R$ 60 bilhões aos Estados e municípios para compensação de perdas de receita e ações ocasionadas pela Covid-19.

O governador da Paraíba considerou a reunião objetiva. "O foco foi claro nas discussões do projeto aprovado pelo Congresso Nacional e no pleito dos governadores de agilizar essa medida, que também suspende as dívidas dos Estados com a União e com os bancos."

João Azevêdo também informou que houve um apelo dos governadores para que a primeira parcela do auxílio pudesse já ser liberada no mês de maio. "Isso faria uma diferença significativa para as finanças dos Estados e municípios do país. A reunião foi extremamente propositiva, respeitosa e que poderá ser um marco para que a gente possa, a partir de agora, construir uma relação que permita que a gente enfrente essa crise."

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal ClickPB não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.

Destaque

ir para editoria →

Ministério Público da Paraíba pede impugnação da candidatura de Ricardo Coutinho a prefeito de João Pessoa

Comícios, carreatas, motorreatas e eventos de grande porte estão proibidos em Campina Grande; situação será reavaliada a cada 15 dias

Jurídico do PT diz que já esperava pedido de impugnação, prepara defesa e destaca que campanha de Anísio Maia segue legislação

Juiz proíbe atos de rua, fogos de artifício e visitas a moradores em grupo de risco para Covid-19 em cinco municípios do Vale do Piancó