Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Veja lista

Pazuello nomeia nove militares do Exército para atuar no Ministério da Saúde

O governo vem aumentando a presença de militares no Ministério da Saúde desde a saída de Luiz Henrique Mandetta do comando da pasta.

General está no comando do Ministério da Saúde após saída de Nelson Teich (Foto: Reprodução)

Por

O ministro-substituto da Saúde, general Eduardo Pazuello, nomeou mais nove militares do Exército para atuar no ministério. As nomeações foram publicadas na edição desta terça-feira (19) do "Diário Oficial da União".

O governo vem aumentando a presença de militares no Ministério da Saúde desde a saída de Luiz Henrique Mandetta do comando da pasta. O primeiro foi Pazuello, nomeado secretário-executivo do então ministro da Saúde Nelson Teich, que deixou o cargo na semana passada.

No final de abril, Carlos Alberto Andrade e Jurgielewicz foi exonerado do cargo de secretário-executivo adjunto da Secretaria-Executiva do Ministério da Saúde e, para o lugar dele, foi nomeado o coronel do Exército Antônio Élcio Franco Filho, que havia comandado a Secretaria de Saúde de Roraima antes de ir para o governo federal.

Em outra portaria publicada nesta terça, Pazuello mudou o cargo do coronel Antônio Élcio. Agora ele será secretário-executivo substituto do Ministério da Saúde.

Já no começo de maio, pelo menos outros dois militares foram nomeados para atuar no ministério.

Confira as novas nomeações de militares do Exército para o Ministério da Saúde, publicadas nesta terça:

  • André Cabral Botelho, subtenente de infantaria, será coordenador de contabilidade;
  • Ramon da Silva Oliveira, major, será coordenador-geral de Inovações de Processos de Estruturas;
  • Giovani Cruz Camarão, subtenente, será coordenador de Finanças do Fundo Nacional de Saúde (FNS);
  • Alexandre Magno Asteggiano, capitão, será assessor;
  • Marcelo Sampaio Pereira, tenente-coronel, será diretor de programa;
  • Vagner Luiz da Silva Rangel, tenente-coronel, será coordenador de execução orçamentária;
  • Luiz Otávio Franco Duarte, coronel, será assessor especial do ministro;
  • Angelo Martins Denicoli, major, será diretor do Departamento de Monitoramento e Avaliação do SUS;
  • Mario Luiz Ricette Costa, tenente, atuará na Subsecretaria de Planejamento e Orçamento.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal ClickPB não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.

Destaque

ir para editoria →

Ministério Público da Paraíba pede impugnação da candidatura de Ricardo Coutinho a prefeito de João Pessoa

Comícios, carreatas, motorreatas e eventos de grande porte estão proibidos em Campina Grande; situação será reavaliada a cada 15 dias

Jurídico do PT diz que já esperava pedido de impugnação, prepara defesa e destaca que campanha de Anísio Maia segue legislação

Juiz proíbe atos de rua, fogos de artifício e visitas a moradores em grupo de risco para Covid-19 em cinco municípios do Vale do Piancó