Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

querem água

População tenta jogar água em Ricardo Coutinho e cerimonial cancela visita à cidade

Cansados de ouvir promessas de terem água encanada na cidade os jovens da cidade de Assunção João Paulo, Rafael Oliveira e Washington Guedes lançaram uma campan

Por

Cansados de ouvir promessas de terem água encanada na cidade os jovens da cidade de Assunção João Paulo, Rafael Oliveira e Washington Guedes lançaram uma campanha nas redes sociais denominada de #AssunçãoMereceePrecisadeÁgua e resolveram esperar o governador Ricardo Coutinho que visitaria para as festividades do aniversário da cidade Salgadinho,para  jogar um caminhão carro-pipa de água na comitiva oficial do governador.

Ao tomar conhecimento,  o cerimonial cancelou a visita do Governador Ricardo Coutinho. A atitude causou indignação para população do município de Assunção, chegando a revoltar também o morador mais famoso de Assunção, o gigante Ninão, ele já foi destaque em vários programas de televisão por ser o homem mais alto do Brasil.

Os jovens responsáveis pela campanha #AssunçãoMereceePrecisadeÁgua, lembram que um pipa d’água chega a custar R$ 70,00 (setenta reais), por isso eles questionam: “Quem não pode pagar pelo carro pipa faz o que?”. Segundo eles a situação na cidade está insustentável: “À água que vem nos carro pipas tem qualidade questionável. Não podemos mais ficar indiferentes com essa situação, chegam campanhas eleitorais e ficamos só na promessa, políticos vêem aqui ganham nossos votos e nos abandonam só voltam aqui pra tomar cachaça nas festas e pra pedir voto de novo nas próximas eleições, enquanto isso Assunção segue carregando sua cruz, e no seu velho dilema da "LATA D'ÁGUA NA CABEÇA.”

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Conselho de ética do PSB abre processo contra deputados pró-reforma

Bolsonaro corta repasses federais para creches, educação básica, alfabetização e ensino técnico

Mourão quer reforma política após a conclusão da Previdência

Ministério Público investiga contas eleitorais do senador Flávio Bolsonaro