Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Carlos Siqueira

Presidente nacional do PSB diz que portas estão abertas para retorno de João Azevêdo ao partido e que nunca teve problema com o governador

Carlos Siqueira disse que nunca teve problemas com o governador e que "aquilo foi um problema criado na Paraíba mesmo. Não foi um problema com o PSB", referindo-se à crise do PSB estadual.

"Eu farei questão de estar aí em João Pessoa para filiação dele. Mas isso é uma decisão dele. Mas as portas estão inteiramente abertas", disse presidente do PSB sobre João Azevêdo. (Foto: PSB)

Por

O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, disse que as portas estão "inteiramente abertas" para retorno de João Azevêdo ao partido. Ele também declarou, em entrevista ao programa Arapuan Verdade nesta sexta-feira (17), que nunca teve problemas com o governador e que "aquilo foi um problema criado na Paraíba mesmo. Não foi um problema com o PSB", referindo-se à crise do PSB estadual envolvendo o ex-governador Ricardo Coutinho.

Para o presidente nacional do PSB, "a saída do governador não foi uma boa, eu acho, para o PSB. O retorno dele é uma decisão pessoal e intransferível. Mas se ele achar por bem retornar, será muito bem-vindo. As portas estão inteiramente abertas e o tapete será estendido para que ele possa ingressar", disse Siqueira, conforme apurou o ClickPB.

Questionado se já conversou com João Azevêdo, Carlos Siqueira falou em cautela. "Eu sou muito cauteloso com relação a não pressionar as pessoas para ingressar no PSB. Essa é uma decisão que cabe inteiramente, é individual, pessoal e intransferível. Mas ele sabe, o governador, que ele é muito bem-vindo. Os colegas dele aqui do partido, que são governadores também, os três atuais, têm uma excelente relação com ele."

Para o dirigente do PSB, o governador da Paraíba teve suas razões para sair do partido. "Eu, pessoalmente, nunca tive problema com ele. Aquilo foi um problema criado na Paraíba mesmo. Não foi um problema com o PSB. E ele teve lá suas razões naquele momento para sair e, se ele desejar voltar, será muito bem-vindo. Eu farei questão de estar aí em João Pessoa para filiação dele. Mas isso é uma decisão dele. Mas as portas estão inteiramente abertas."

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

CPI da Covid-19 adia leitura de relatório final em meio a divergência

Relatório final da Comissão vai propor 17 mudanças na legislação

Relatório da CPI aponta negacionismo como política de Bolsonaro, filhos, ministros e apoiadores

Bolsonaro chama Renan de 'bandido' e diz que senador 'está de sacanagem' com relatório de CPI