Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

'iniciativa'

Ruy Carneiro abre mão do aumento do “cotão” da Câmara

Após a luta história pelo fim do pagamento dos 14º e 15º salários na Câmara Federal, o deputado Ruy Carneiro (PSDB-PB) abriu mão, até o fim de seu mandat

Por

Após a luta história pelo fim do pagamento dos 14º e 15º salários na Câmara Federal, o deputado Ruy Carneiro (PSDB-PB) abriu mão, até o fim de seu mandato, do aumento da verba indenizatória. O reajuste aconteceu após o fim dos 14º e 15º salários. A expansão do valor do benefício causará um acréscimo de mais R$ 21 milhões anuais nas despesas da Câmara.

O deputado paraibano foi o primeiro deputado federal do Brasil a dispensar o recurso, pago a parlamentares para despesas com passagens aéreas, combustível e outros itens. O deputado Walter Feldman (PSDB-SP) também acompanhou a decisão de Ruy.

Segundo Carneiro, a decisão é uma questão de coerência. "Sempre lutei para a extinção do 14º e do 15º salários, que eram uma grande injustiça. Não fazia sentido que nós, deputados, recebêssemos um benefício que não é estendido aos outros trabalhadores do País. Então a ideia de dispensar o aumento da verba indenizatória é uma continuidade nesse processo", declarou.

A decisão de dispensar o aumento da verba indenizatória foi formalizada por Ruy Carneiro através de requerimento apresentado à Presidência da Câmara. O tucano ressaltou que a sociedade cobra do poder público a redução das despesas. "Representa o respeito aos interesses da população".

A Câmara dos Deputados gasta cerca de R$ 170 milhões anuais com o pagamento da verba indenizatória, o "cotão".

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Presidente eleito se reúne com seus 22 ministros pela primeira vez

Morre ex-prefeito de Bonito de Santa Fé, Sabino Dias de Almeida

Governador aponta uso político de denúncia da Cruz Vermelha: 'não existe denúncia contra a Paraíba'

Raimundo Lira comemora aniversário e agradece homenagens em Brasília