Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Religião

Editoria sobre Religião ir para editoria →

Religião

'Todos nascemos porque alguém nos desejou a vida', diz Papa Francisco após legalização de aborto na Argentina

"Todos nós nascemos porque alguém nos desejou a vida. Esta é apenas a primeira de uma longa série de dívidas que contraímos vivendo. Dívidas de gratidão”, disse Francisco.

Papa Francisco mencionou em audiência importância do dom da vida. (Foto: VATICAN MEDIA / REUTERS)

Por

Após a legalização do aborto ser aprovada pelo Congresso da Argentina nesta quarta (30), o Papa Francisco, sem mencionar diretamente a votação, falou sobre a valorização da vida em sua última audiência geral do ano no Vaticano.

“Como todos os fiéis, os cristãos bendizem a Deus pelo dom da vida. Viver é, sobretudo, ter recebido. Receber a vida. Todos nós nascemos porque alguém nos desejou a vida. Esta é apenas a primeira de uma longa série de dívidas que contraímos vivendo. Dívidas de gratidão”, disse Francisco no discurso proferido na Biblioteca do Palácio Apostólico do Vaticano, segundo a agência de notícias do Vaticano.

Nesta terça (29), antes do início do debate no Senado sobre o projeto de legalização do aborto promovido pelo governo Alberto Fernández, o Papa divulgou em suas redes sociais uma mensagem na qual advertia: “Todo descartado é filho de Deus”.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Arcebispo da Paraíba, Dom Delson celebra Missa de Páscoa neste domingo: “a ressurreição é o testemunho do amor”

Papa Francisco pede que vacinas contra Covid-19 sejam distribuídas a países pobres

Ministro Kassio Nunes libera cultos e missas no país, em meio a medidas restritivas da Covid

Arquidiocese da Paraíba mantém missas e celebrações presenciais suspensas, mesmo com novo decreto do Estado