Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Saúde

Editoria sobre Saúde ir para editoria →

Pandemia

Brasil registra mais de 31 mil casos de Covid e 92 mortes em 24 horas

Com os dados atualizados, o país chega a 621.099 vidas perdidas e a 23.006.952 pessoas infectadas desde o início da pandemia.

Brasil registra 31,6 mil novos casos de covid e 92 mortes nas últimas 24 horas. (Foto: TARSO SARRAF / Reuters)

Por

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Brasil registrou 31.629 casos de Covid neste domingo (16) e 92 mortes. Dos 22 estados que atualizaram casos e mortes, três não registraram óbitos.

Com os dados atualizados, o país chega a 621.099 vidas perdidas e a 23.006.952 pessoas infectadas desde o início da pandemia.

A média móvel de testes positivos é de 69.235 e a de óbitos 153.A explosão de casos de Covid neste início de ano ocorre em meio à expansão da ômicron no Brasil.

Durante o mês de dezembro, após um ataque hacker aos sistemas do Ministério da Saúde, diversos estados relataram dificuldades de registro. Apesar de a Pasta afirmar que os sistemas foram normalizados ainda em dezembro, parte dos dados pode ser fruto do represamento. Mesmo assim, a elevação rápida das taxas de ocupação de leitos para Covid pelo país aponta o espalhamento e impacto da ômicron.

Os dados do país, coletados até 20h, são fruto de colaboração entre Folha, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são recolhidas pelo consórcio de veículos de imprensa diariamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

Os dados da vacinação contra a Covid-19 estão afetados pelo ataque hacker ao sistema do Ministério da Saúde, ocorrido em dezembro, com diversos estados sem atualização. De toda forma, as informações foram ao menos parcialmente atualizadas em dez estados.

O Brasil registrou 2.442.288 doses de vacinas contra Covid-19, neste domingo. De acordo com dados das secretarias estaduais de Saúde, foram 139.263 primeiras doses, 620.836 segundas doses. Além disso, foram registradas 370.750 doses únicas e 1.311.439 doses de reforço.

Ao todo, 162.045.040 pessoas receberam pelo menos a primeira dose de uma vacina contra a Covid no Brasil –141.607.183 delas já receberam a segunda dose do imunizante. Somadas as doses únicas da vacina da Janssen contra a Covid, já são 146.615.093 pessoas com as duas doses ou com uma dose da vacina da Janssen.

Assim, o país já tem 75,43% da população com a 1ª dose e 68,25% dos brasileiros com as duas doses ou com uma dose da vacina da Janssen.

Considerando somente a população adulta, os valores são, respectivamente, de 100,17% e 90,63%.

Mesmo quem recebeu as duas doses ou uma dose da vacina da Janssen deve manter cuidados básicos, como uso de máscara e distanciamento social, afirmam especialistas.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorreu em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Sobem para 429 os casos de hepatite misteriosa no mundo, diz OMS

Xangai diz que chegou a 'Covid zero', mas milhões permanecem confinados

Hospital de Clínicas realiza primeira cirurgia ortopédica pelo programa Opera Paraíba

Campina Grande realiza dias C de vacinação contra covid-19 para crianças