Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Saúde

Editoria sobre Saúde ir para editoria →

Entrevista

Secretário de Saúde fala dos reflexos da 'Calvário' e explica como acabar com a 'ambulancioterapia'

Geraldo Medeiros faz balanço dos seus três meses de gestão, fala sobre Organização Social na saúde da Paraíba e explica o que ocorre para que isso continue acontecendo.

Por

O secretário Estadual de Saúde, Geraldo Medeiros, concedeu entrevista exclusiva ao ClickTV e falou, entre outros assuntos, sobre a Operação Calvário, deflagrada na Paraíba para investigar crime de corrupção envolvendo Organizações Sociais que gerenciam hospitais no Estado. 

Para o gestor, o escândalo provocou uma imagem negativa no modelo gerencial de OS que, segundo ele, é uma forma de administrar setores da saúde que traz muitos benefícios, desde que bem fiscalizada.

O tema Organização Social também fez parte da conversa no momento em que o secretário fez um balanço dos três meses em que está à frente da pasta. Ele disse que a resolução de alguns problemas específicos foram sanados, especialmente em cidades do Sertão.

Geraldo Medeiros também afirmou, durante a entrevista, que uma das soluções para a saúde na Paraíba é a regionalização. Isso pode fazer com que os hospitais das grandes cidades sofram menos com a superlotação e pode acabar com a chamada ambulancioterapia. 

A gestão de Geraldo Medeiros também está tendo que lidar com doenças como malária e sarampo, essa última já havia sido erradicada no Brasil, mas voltou com vários casos suspeitos no estado de Pernambuco, o que levou a Secretaria a emitir um alerta.

E um problema antigo enfrentado no Hospital de Trauma de João Pessoa, a retenção de macas, também foi questionado ao secretário durante a entrevista. Ele explicou o que ocorre para que isso continue acontecendo.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Hospital de Santa Rita pode ser interditado por falta de médicos na urgência e emergência

Software produzido por pesquisadores do IFPB ajuda a diagnosticar infarto em fases iniciais

HU de João Pessoa recruta participantes para pesquisa com aplicação de medicamento em pé diabético

Espanha registra segundo caso no mundo de dengue transmitida por via sexual