Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Tecnologia

Editoria sobre Tecnologia ir para editoria →

Novidade

Irmão de Pablo Escobar anuncia celular dobrável igual ao Galaxy Fold

Compradores disseram que a única diferença está numa camada de papel dourado em volta do smartphone.

O Galaxy Fold foi o primeiro telefone com tela dobrável a chegar no Brasil. (Foto: Reprodução)

Por

O irmão do traficante colombiano Pablo Escobar causou surpresa ao anunciar a venda do smartphone Escobar Fold 2. Na tentativa de surfar a recente onda dos celulares dobráveis, o smartphone repete absolutamente todos os recursos do Galaxy Fold, da Samsung. Compradores disseram que a única diferença está numa camada de papel dourado em volta do smartphone.

A Escobar Inc. é a empresa que comercializa o produto por US$ 399 (cerca de R$ 1.710 em conversão direta). O preço é atraente para o público, tendo em vista que o Galaxy Fold custa cerca de US$ 1.999 no exterior (cerca de R$ 8.630). O mercado doméstico de dobráveis ainda dá os primeiros passos. Até o momento, os modelos disponíveis no país são o Galaxy Fold, que custa R$ 12.999 e o recém-lançado Motorola Razr com preço sugerido de R$ 8.999.

Roberto de Jesus Escobar Gaviria, responsável por comercializar os smartphones, afirma que está em uma missão de derrubar a Apple e a Samsung. Ele explica como conseguiu as unidades: “O Escobar Fold 2 é uma compra excedente do Samsung Galaxy Fold. Compramos muitos deles de varejistas e atacadistas que não conseguiram vendê-los a seus clientes”, escreveu em resposta a um dos clientes.

Os consumidores que adquiram o smartphone começaram a enfrentar diversos problemas. Alguns não receberam e tentaram cancelar a compra, mas a empresa pediu que eles aguardassem a remessa chegar. Outros observaram que o design do Escobar Fold 2 era apenas um papel dourado que parecia estar fixado com cola. Existe até mesmo a suspeita de farsa.

O jornalista Thomas Fischermann recebeu uma unidade para testes. Ele contou via Twitter que o celular realmente é um Galaxy Fold disfarçado com um papel dourado e que não há mudança alguma no hardware ou software. A única modificação é uma foto de Pablo Escobar como papel de parede.

Apesar de ser um negócio independente, a suposta missão de Roberto Gaviria pode prejudicar a imagem da Samsung. O irmão de Pablo Escobar alega que adquiriu as unidades das mesmas fábricas situadas na China que produzem o Galaxy Fold para a marca.

O Galaxy Fold foi o primeiro telefone com tela dobrável a chegar no Brasil. Com preço sugerido de R$ 12.999, ele possui um painel interno com 7,3 polegadas e câmera tripla (12 MP + 12 MP + 6 MP). A ficha técnica fica completa com processador octa-core de até 2,8 GHz, memória RAM de 12 GB, armazenamento de 512 GB, bateria de 4.380 mAh e sistema Android 9 (Pie).

Seguindo a tendência dos dobráveis, a Motorola anunciou nesta semana o Motorola Razr pelo valor de R$ 8.999. O telefone lembra o design do icônico V3, mas vem com uma tela dobrável de 6,2 polegadas e um pequeno visor externo de 2,7 polegadas. A câmera principal é de 16 MP e a frontal, de 5 MP. Ele apresenta processador Snapdragon 710 (octa-core até 2.2 GHz), memória RAM de 6 GB, armazenamento de 128 GB, bateria de 2.510 mAh e Android 9 (Pie).

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Aplicativos iFood, Amazon, Disney+ e mais ficam fora do ar nesta terça-feira

UFCG é escolhida pela Anatel para conduzir estudos sobre segurança cibernética em 5G

Usuária do Twitter "previu" incêndio na Boate Kiss um ano e meio antes da tragédia

Procon-SP multa Facebook em R$ 11 milhões por apagão no WhatsApp