Economia

Uso do Pix registra recorde em 2023, na Paraíba, como principal forma de pagamento em pequenos negócios

Os números reforçam a aceitação da ferramenta digital - Pix - como principal meio de pagamento e representam um recorde desde seu lançamento em fevereiro de 2020.

Pix; método de pagamento

Segundo pesquisa do Sebrae, 38% dos clientes no estado optam pelo pagamento através do Pix

O Pix é o principal método de pagamento ao realizar compras ou contratar algum tipo de serviço entre os clientes atendidos pelos pequenos negócios na Paraíba. Dados da terceira edição da ‘Pesquisa Pulso dos Pequenos Negócios’, realizada pelo Sebrae, apontam que 38% dos consumidores no estado optam pelo uso do Pix. Em 2023, segundo o Banco Central, o Pix registrou 41,9 bilhões de transações, movimentando R$ 17,2 trilhões em todo o país.

Os números reforçam a aceitação da ferramenta digital como principal meio de pagamento no momento de efetuar transações financeiras e também representam um recorde desde o seu lançamento em fevereiro de 2020.

O analista técnico do Sebrae/PB, Ferdinando Félix, afirma que o sistema de pagamento tem conquistado não somente os clientes. Os empreendedores também aderiram ao uso da ferramenta como meio para facilitar as transações.

“Se trata de uma opção bastante eficaz e que caiu como uma luva para contribuir com as transações comerciais dos micro e pequenos negócios, sendo quase uma unanimidade no meio empresarial. O Pix já se tornou um aliado de muitos empresários e, além da praticidade, é visto como uma maneira de fugir dos impostos que incidem em outras formas de pagamento, a exemplo do cartão de crédito”, explicou.

Por se tratar de uma transação instantânea, que acontece em tempo real com o direcionamento do valor pago pelo cliente à conta informada pelo empresário, o Pix também se destaca por facilitar o fluxo de caixa e permitir o acompanhamento das movimentações financeiras de forma ágil.

O fator segurança também é outro atrativo que o Banco Central garante sobre o uso da ferramenta. Apesar de todas as vantagens, o analista técnico do Sebrae/PB enfatiza a necessidade de atenção que os empresários devem ter para evitar possíveis golpes. 

“Uma das dicas é verificar se o comprovante que foi enviado se trata de um comprovante de Pix ou de agendamento de Pix, pois o agendamento pode ser cancelado”, concluiu Ferdinando Félix.

COMPARTILHE

Bombando em Economia

1

Economia

BRAISCOMPANY: Antônio Neto e Fabrícia Ais são presos na Argentina, após mais de um ano foragidos

2

Economia

Receita Federal paga hoje R$ 304 milhões de restituição em lote residual do Imposto de Renda

3

Economia

Paraíba é o melhor Estado do Nordeste e 3º do Brasil na relação receita versus despesa

4

Economia

Desemprego volta a subir em janeiro e atinge 8,3 milhões de brasileiros

5

Economia

Começam hoje as inscrições para concurso da Caixa com quase 40 vagas na Paraíba e salários de até R$ 11 mil