notíciasPolítica

Manoel Junior rebate acusações e nega privilégios no Hospital de Trauma

Assessoria
Manoel Junior rebate acusações e nega privilégios no Hospital de Trauma

   A Assessoria de Comunicação do deputado federal Manoel Junior (PMDB) divulgou nota rebatendo as acusações infundadas do Secretário Estadual de Saúde, Waldson Dias de Souza, de que o parlamentar participava de um suposto esquema de reservas clandestinas de leitos no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, para fins eleitoreiros.  

As acusações foram publicadas nesta terça-feira, 20, em matéria veiculada no blog do jornalista Luis Tôrres, com o título "Deputados tinham leitos reservados pra eleitores no Trauma no Maranhão III".

  

A Assessoria de Comunicação do parlamentar afirma que as acusações são graves, descabidas e sem qualquer apoio nos fatos. "A apesar de insinuar, a matéria não aponta nenhuma evidência, nem traz à tona fatos que comprovem as acusações infundadas e levianas feitas pelo Secretário Estadual de Saúde  contra Manoel Junior".  

"Lamentavelmente, a redação do blog não teve o cuidado de confirmar se as informações eram verdadeiras, nem tão pouco, procurou o deputado Manoel Junior para ouvir a sua versão dos fatos antes de publicar a matéria com denúncias vazias e de caráter claramente difamatória", diz a nota.

  Leia a nota na íntegra:

NOTA:

Em vista da matéria "Deputados tinham leitos reservados pra eleitores no Trauma no Maranhão III", publicada nesta terça-feira (20), no blog do jornalista Luis Tôrres, a Assessoria de Imprensa do deputado federal Manoel Junior afirma que, a apesar de insinuar, a reportagem não aponta nenhuma evidência, nem traz à tona fatos que comprovem as acusações infundadas e levianas feitas pelo Secretário Estadual de Saúde, Waldson de Souza contra o parlamentar.

  

Lamentavelmente, a redação do blog não teve o cuidado de confirmar se as informações eram verdadeiras, nem tão pouco, procurou o deputado Manoel Junior para ouvir a sua versão dos fatos antes de publicar a matéria com denúncias vazias e de caráter claramente difamatório.

  

As acusações feitas ao deputado nesta matéria são infundadas e, diferente do que foi veiculado, o deputado Manoel Junior, nunca, em tempo algum, reservou leitos nem favoreceu seus eleitores com consultas e atendimentos no Trauma ou em qualquer outra unidade hospitalar da Paraíba.

  

Ao fazer este tipo de acusação, a secretaria estadual de saúde evita falar e debater sobre os reais problemas que a pasta vem enfrentando nos últimos meses, com escândalos repercutidos na imprensa nacional quase que diariamente.  

  

O Governo ditatorial instalado na Paraíba não aceita o debate programático, mas se eles quiserem um debate técnico aceitamos e respondemos, mas sabemos que eles [Governo Estadual] querem o terrorismo e por isso, estão acusando o deputado Manoel Junior sem provas.

 

Assessoria de Comunicação do Deputado Federal Manoel Junior

imprimir

comentários