Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Notícias Policiais

Editoria sobre Policial ir para editoria →

Apuração

Após morte de comerciante durante operação da polícia de Sergipe, delegacia de Homicídios da Paraíba instaura inquérito para investigar crime e solicita exames

A morte ocorreu durante operação da Polícia Civil de Sergipe que investigava a atuação de uma quadrilha especializada no tráfico de drogas em vários estados do Brasil.

Morte de comerciante será investigada pela polícia civil da Paraíba. (Foto: Reprodução)

Por

A Delegacia de Homicídios do município de Patos, no Sertão paraibano, instaurou um inquérito policial para investigar a morte do comerciante Geferson de Moura Gomes, de 30 anos, na noite de terça-feira (16), na cidade de Santa Luzia. A morte ocorreu durante uma operação da Polícia Civil de Sergipe que investigava a atuação de uma quadrilha especializada no tráfico de drogas em vários estados do Brasil.

Além do inquérito instaurado, foram solicitados pela Polícia Civil da Paraíba exames cadavéricos da vítima e também de DNA, ou seja, para apontar ou descartar se uma das armas, apresentadas pela Polícia Civil de Sergipe, pertence ou não a vítima. O delegado Gaudêncio Neto, que está apurando o caso da morte do comerciante, informou ao ClickPB, que recebeu por volta das 22h de ontem o chamado de uma ocorrência de um homicídio em Santa Luzia. 

Ao chegar no local, soube da operação da Denarc de Sergipe - delegacia que investiga a questão do tráfico de drogas. "O delegado informou que estava realizando uma investigação de uma quadrilha de trafico de drogas em vários estados no país", contou, como acompanhou o ClickPB. A equipe de Sergipe tinha informações de que haveria um carregamento de drogas no Ceará ou no Rio Grande do Norte e por, questões estratégicas, decidiram ficar em Santa Luzia. 

Foi montada uma barreira na cidade, apesar dos policiais de Sergipe não terem informações do modelo do carro ou do condutor, iniciaram a abordagem aos veículos. Ao parar o carro do comerciante, foi solicitado que acendesse a luz interna do veículo, no entanto, o motorista informou que estava queimada. O delegado de Sergipe contou ao da Paraíba, que foi solicitado que o condutor colocasse as mãos para fora por ter notado um objeto metálico entre as pernas da vítima. Em seguida, o condutor do carro teria feito uma ação suspeita e ocorreram os disparos.

Confira o que contou o delegado da Paraíba:


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Bandido assalta família no caminho para igreja e estupra jovem na zona rural de Lagoa Seca

Motorista de aplicativo suspeito de assaltar passageira é preso em João Pessoa

Advogado é preso suspeito de agredir cabeleireira em flat de João Pessoa

João Pessoa vacina contra Covid-19 pessoas com comorbidades a partir dos 35 anos, com deficiência de 40 anos ou mais e trabalhadores de saúde acima dos 25 anos